agosto 9th, 2017

EM GUAMARÉ HÁ IGUALDADE SOCIAL AO ALCANCE DE TODOS COM MORADIA DIGNA

“A senhora Nadja Sueli dos Santos Silva, se emociona ao receber das mãos da secretária de assistência social, Marisa Rodrigues, a documentação e a chave de sua casa”.

Guamaré vai muito bem obrigado em todas as políticas sociais e quem lembra isso é a Secretária de Assistência Social, Marisa Rodrigues, ao destacar que a atual gestão implantou o Programa de Interesse Habitacional Local, beneficiando varias famílias de baixa renda com aquisição da casa própria.

SONHO DA CASA PRÓPRIA

Quando a secretária de Assistência Social Marisa Rodrigues começou a falar de um sonho que estava preste a ser realizado pela Prefeitura Municipal de Guamaré, já era nítida a alegria no rosto das mães por saberem que estava tão perto do sonho da casa própria.

BLOGUEIRO TAMBÉM CHORA

Nós que vivemos um pouco do dia a dia dessas famílias como cidadão e imprensa local, vimos quase todas as suas dificuldades, e quando vimos uma alegria desse tamanho estampada em seus rostos aí sim conseguimos voltar um pouco no tempo e ver todas as dificuldades que foram vencidas por cada família para chegarem até ali.

Um momento tão especial em suas vidas, aí nos damos conta da importância de um bom gestor que comanda uma cidade para que todos que nela vivem possam viver dignamente. Ao constatar as lágrimas de alegria de Natacha recebendo sua casa, confesso… Acabei chorando também.

MORADIA DIGNA

Um momento magico e especial que o prefeito Hélio Miranda entra para sempre na vida de cada uma daquelas pessoas, por te realizado o sonho de varias famílias o sonho de ter a sua própria casa.

IGUALDADE SOCIAL AO ALCANCE DE TODOS

Diante do choro de alegria da senhora Nadja Sueli dos Santos Silva, mas conhecida por Natacha, ao receber a documentação e a chave da sua casa, foi visível sua emoção e a de todos que estavam presente no evento.

Um momento que ficou marcado pela emoção visível no semblante de dezenas de pais de famílias que estavam ali recebendo não somente uma chave de um imóvel, mas realizando o sonho da casa própria.

COM OFICINAS DE CULINÁRIAS, DANÇA E MUSICA A ESCOLA BENVINDA PROMOVE A SEMANA DO ESTUDANTE

A Escola Municipal Benvinda Nunes Teixeira está realizando a 1ª Gincana Cultural Estudantil 2017, em comemoração ao dia do estudante, a escola está promovendo de 07 a 11 de agosto a semana do estudante através de diversas atividades de integrações entre alunos docentes e funcionários.

A programação conta com oficinas de culinária, arte, dança e música. O evento também conta com aulas de STEP, MUAY THAI, ZUMBA, fechando com o INTERCLASSE.

O evento conta com as presenças de diretores, coordenadores, professores e alunos. Todos com participações diretas no evento, os alunos da escola Benvinda deram o show em suas apresentações.

Clique nas imagens para ampliá-las:

Fotos: Alexandre Barbosa.

MPRN AVANÇA NO RANKING PORTAIS DA TRANSPARÊNCIA DO CNMP

O Ministério Público do Rio Grande do Norte avançou em seu desempenho no ranking Portais da Transparência, divulgado na última terça-feira (8) pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). O MPRN continua incluído entre aqueles classificados com o desempenho “excelente”, tendo em vista ter atingido entre 95% a 100% dos mais de 250 itens utilizados na avaliação, e alcançando o percentual de 98,58% de atendimento.

Pela terceira vez, o resultado do ranking Portais da Transparência foi divulgado em formato de mapa colorido, no qual as cores representam as faixas de porcentagem de transparência alcançadas por unidades do Ministério Público em todo país, incluindo 26 MPEs, o próprio CNMP e quatro ramos do Ministério Público da União (Federal; Militar; do Trabalho; e do Distrito Federal e Territórios).

O MPRN obteve o índice de 98,58% na avaliação relativa ao primeiro trimestre de 2017, o que demonstra melhorias em busca da transparência. No resultado anterior, o MPRN alcançou 95,44% de atendimento, e anteriormente seu desempenho foi de 87,64%.

Não houve sessão ordinária na câmara por falta do VEREADOR QUÓRUM.

Resultado de imagem para Não houve sessão ordinária na câmara por falta do VEREADOR QUÓRUM guamaré

Infelizmente não houve sessão ordinária prevista para acontecer ontem (08), às 15 horas, horário regimental, devido novamente ter faltado o VEREADOR QUÓRUM. O plenário contou com um bom público presente, mas foi em vão, a presença do povo que saiu de suas casas para prestigiar a sessão que não houve.

O presidente, vereador Emilson de Borba Cunha (LULA), abriu os trabalhos com a presença do vereador, Edinor Albuquerque (PMDB), Lisete Negreiros (PMDB), Carlos Câmara (PSDB), e Eudes Miranda (PR), Segundo o Regimento Interno, a câmara precisa de dois terço dos Edils para iniciar os trabalhos.

Os vereadores Gustavo Santiago (SD), Diva Araújo (PRB), Francisca Galdino (PMDB), Eliane Guedes (PV), não compareceram a sessão, e não justificaram ao presidente suas ausências.

Os requerimentos e projetos de Leis serão apreciados na próxima sessão, marcada para o dia 15 de AGOSTO de 2016 às 15 horas se por acaso, o vereador quórum aparecer.

 Já está virando rotina de novo os vereadores faltarem às sessões na Câmara Municipal, quando não são os faltosos de hoje, é os presentes de hoje que faltam amanhã, e assim vice versa.

A realização das sessões ordinárias na Câmara é de suma importância para que os trabalhos do legislativo possam andar. Cada semana que passa sem sessão a população perde, pois deixam de ser votados e apresentados projetos e requerimentos em prol da população.

APÓS EPISÓDIO ENVOLVENDO UMA CRIANÇA DE COLO, GMS DEIXA DE FAZER SEGURANÇA DA CMG NAS SESSÕES.

É fato público que a população de Guamaré se revoltou com um ato extremo ocorrido na casa que seria do povo, no dia 13 de junho de 2017. No exercício da Presidência da Câmara Municipal, a vereadora Diva Araújo, determinou que guardas retirassem do plenário uma senhora que teria lhe feito críticas.

Com uma criança de colo, a senhora foi expulsa do plenário do legislativo. O vídeo feito por populares circulou nas redes sociais, tomou grande proporção, e foi noticia a nível NACIONAL.

POIS BEM…

Durante todo tempo, ou em todas as sessões, a Guarda Municipal de Guamaré, fez a segurança da Câmara Municipal nos dias de sessões ordinárias e extraordinárias. Eram cerca de 10 dez homens escalados TODAS as terça-feiras, para trabalhar nos dias de sessões, além de colocar a disposições todas as viaturas da GM.

Após o fato ocorrido que envolveu vários GMs, o Prefeito lamentou o episódio, e determinou o afastamento de imediato de todos os Guardas envolvidos, inclusive do comandante da corporação, Neuton Costa e Flavio Abreu, e abriu sindicância para apurar os fatos.

Desde este dia que não se ver mais nas sessões GMs garantindo a segurança na realização dos trabalhos, mas sim, a presença da Polícia Militar, apesar do pouco efetivo policial, o comandante do destacamento da cidade, com seus subordinados, estão garantindo a ordem pública no legislativo durante a realização das sessões, atendendo solicitação feira por escrito pelo o atual presidente Emilson de Borba Cunha (LULA).

SEGURANÇA LEGISLATIVA

Apesar do esforço do presidente para garantir a ordem pública na casa do povo, o que vem intrigando a população é que CONSTA no Diário Oficial, que a Câmara Municipal paga nada mais, nada menos do que R$: 8.050,00 (oito mil e cinquenta reais), somente ao Chefe de Segurança Interna do Poder Legislativo, Lauriston Rodrigues CUNHA.

Como fazer uma pergunta não é pecado e não ofende, no dia do episódio da câmara que envolveu uma mãe com uma criança de colo, o chefe de segurança da câmara e seus subordinados, onde estavam mesmo nesta hora? Ou melhor, nas sessões onde eles estão? Mesmo pagando este valor ao chefe e subordinados com dinheiro público, dinheiro do povo, a Câmara Municipal, hoje depende exclusivamente da Policia Militar para manter a ordem.

GUARDA MUNICIPAL

A principal função da Guarda Municipal é fazer vigilância no patrimônio público, além de orientar os munícipes e visitantes no dia a dia. O Guarda Municipal simboliza a segurança pública nos municípios. Sua função é de extrema importância para zelar pelo bem dos cidadãos e a segurança patrimonial, ao executar policiamento administrativo ostensivo.

MACAU: SEM ADESÃO POPULAR, PROTESTO GANHA CARA DE PASSEATA DE 2º TURNO.

Em Macau, a política partidária é atípica e vive a sua efervescência, mesmo fora dos prazos eleitorais. Um protesto armado pelo grupo político que perdeu a última eleição municipal juntou pouco mais de 120 pessoas nas ruas, na tarde desta terça-feira, 8, para externar insatisfações pessoais de quem perdeu benefícios na prefeitura e se acha no direito de julgar um governo de apenas sete meses.

A fraca adesão popular para quem desejava enquadrar a gestão Tulio Lemos, certamente frustrou os organizadores que vinham mobilizando as redes sociais há pelo menos uns 15 dias. Nove meses após o fim da derrotada campanha política, para quem tinha como certa uma vitória avassaladora, o que se viu nas ruas foi um vergonhoso espetáculo circense com direito a presença de velhos e conhecidos atores da cena política local.

“O interesse dessa manifestação é tão grande pelo povo, que esquecem os outros bairros e fica a zoada só aqui pelo Centro para os políticos aparecerem”, questiona o arte-finalista Theu Maia, que foi eleitor da chapa derrotada em 2016, e mesmo assim, a exemplo de muitos eleitores da oposição, se posicionou publicamente nas redes sociais e em grupos de WhatsApp contra o formato desse protesto.

Para Theu Maia, esse tipo de artimanha política é feito ‘papafigo’, “só engana menino buchudo”. O certo é que o sentimento de Theu não é solitário e aos olhos do cidadão comum, que vive fora da atmosfera política partidária e do clima de guerra que toma conta das redes sociais, a passeata de hoje só fortaleceu o governo, que deve sim ouvir as ruas e continuar desprezando o grito de quem chora olhando apenas para o seu próprio umbigo.

Qualquer semelhança, não é mera coincidência. 

“Ficou claro para o povo de Macau que esses movimentos, ditos liberais e independentes tem o financiamento de grupos políticos por trás, que silenciam diante de um caos, quando estão com seus interesses atendidos. Vejamos o exemplo recente do que fizeram com a presidente Dilma e meses depois, uma denúncia gravíssima contra o presidente Temer é arquivada pela força do grupo que teve sua ascensão ao poder como desmembramento do manifesto popular, usando o povo como massa de manobra”, observou uma fonte do Blog, lembrando que muitas caras que foram as ruas hoje não enganam mais o eleitor. Celso Amâncio.