agosto 16th, 2017

A voz do povo faz toda a diferença no governo do prefeito Hélio.

Hélio Miranda: “Prefeito inteligente é o que sabe ouvir o povo”

O compromisso assumido pelo o prefeito de Guamaré, Hélio Miranda (PMDB), junto à população do município, foi de promover durante seu mandato, uma gestão atuante e participativa. A participação do povo nas decisões e sugestões de melhorias tem sido fundamental no andamento dos trabalhos do governo em todos os setores.

Gestão moderna se faz com a participação popular

O tempo do município e dos prefeitos que já passaram pela prefeitura de Guamaré pode parecer sempre os mesmos, mas na realidade não o são. O que se espera de um bom prefeito é que esteja à altura deste tempo atual, impulsionando políticas de democracia participativa e de inclusão social em seu município, sem deixar de ter as qualidades permanentes e essenciais de um administrador público que está lá para servir ao bem comum.

Assim tem sido o prefeito Hélio Miranda, seja em seu gabinete na sede da prefeitura, nas ruas da cidade, na sua residência, em visita nas secretarias ou nas obras públicas,na câmara de vereadores, ou qualquer solenidade, como aconteceu no ultimo domingo (13), na festa alusiva ao dia dos Pais, realizado pela prefeitura de Guamaré na Orla da Praia do Rio Aratuá, o prefeito Hélio tem parado para ouvir o povo, em especial, os mais humildes.

Hélio é um gestor que ouve o povo

A cidade vai buscando a cada dia sua mudança, sua evolução, com a força do povo e a conversa aberta e franca. Observe na imagem que o prefeito parou para ouvir um catador de latinhas, e já é a segunda vez que nossas lentes flagraram este homem simples conversando com o prefeito de todos.

Este cidadão poderia ter feito qualquer outro pedido, talvez um pedido pessoal, mas apesar de sua aparência humilde, acreditem se quiser… Ele chamou o prefeito Hélio para falar de seu sentimento, o que o povo estava sentindo, o que ele estava sentindo naquele momento. 

Minha curiosidade me levou a procurar este cidadão após o evento dos Dia dos Pais. Encontrei um pai de família simples e de poucas palavras ainda na orla da praia aratuá, catando suas latinhas por volta das 21 horas.

Conhecido por Seu Inácio, eu disse a ele que era a segunda vez que registrava ele conversando com o prefeito, e perguntei o que tanto ele fala a Hélio e depois sai?

Meio sem jeito ele sorriu e me disse… “Eu sei que ele me ouviu… Eu não pedi nada a ele não senhor, eu disse a ele que o povo estava feliz com a presença dele no meio do povo e eu também!”.

Talvez a Prefeitura seja de todos os cargos públicos que permite ao político, de fato, quando o exerce de maneira correta, mudar a vida das pessoas. O prefeito Hélio tem mudado pra melhor como gestor público a vida de muita gente, tornando sonhos em realidade, simplesmente porque ele decidiu desde que assumiu a prefeitura ouvir o povo.

PREFEITURA DE GUAMARÉ VAI RECORRER DE DECISÃO DO PLENO DO TRIBUNAL DE CONTAS

Resultado de imagem para prefeitura de guamare

Em razão de uma nota distribuída pela Assessoria de Imprensa do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte-TCE, na tarde desta terça-feira, 15 de agosto, a Prefeitura de Guamaré vem de público prestar esclarecimentos, através de nota abaixo.

Nota à imprensa

O prefeito de Guamaré, Hélio Miranda da Fonseca comunica que irá recorrer ao Pleno do Tribunal de Contas do Estado. A orientação do prefeito à sua assessoria jurídica é que sejam fundamentadas as justificativas que levaram a decisão do Executivo a autorizar o pagamento de horas extras aos professores municipais, integrantes da Orquestra Petrobras e aos prestadores de serviços que integraram o convênio entre a prefeitura de Guamaré e o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. A confiança do prefeito na revisão da decisão está na convicção de que o ato administrativo ora questionado pela segunda Câmara do TCE apenas retribuiu aos servidores a dedicação e o trabalho proporcionados à população de Guamaré.

Assessoria de Comunicação

*Do Blog

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou o ressarcimento de R$ 7,6 milhões ao Município de Guamaré em virtude do pagamento irregular de horas e aulas extras, gratificações a servidores temporários e cessão irregular de servidores.

Foram responsabilizados os ex-prefeitos Mozaniel de Melo Rodrigues, Auricélio dos Santos Teixeira, Emilson de Borba Cunha e o atual prefeito Helio Willamy Miranda da Fonseca. Além disso, foi determinada multa no valor de 10% de cada ressarcimento.

TCE DESAPROVA CONTAS E MANDA EX-PREFEITO KERGINALDO PINTO RESSARCIR R$ 165 MIL

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado determinou, durante sessão desta quinta-feira (10), o ressarcimento de R$ 165 mil gastos com o pagamento de bandas para a realização do Carnaval da cidade de Macau, em 2013. Foi constatada a existência de sobre preço, o que implicou em prejuízo ao erário.

O voto foi proferido pelo conselheiro Tarcísio Costa, em consonância com o relatório produzido pelo corpo técnico e parecer do Ministério Público de Contas. Foram consideradas irregulares as prestações de contas do gestor Kerginaldo Pinto do Nascimento. Além da restituição dos valores gastos, foi aplicada multa e o relatório será encaminhado para a Câmara Municipal de Macau e Procuradoria Geral de Justiça do RN.

De acordo com o relatório produzido pelo corpo técnico, foram detectadas distorções significativas em relação ao pagamento dos cachês, levando em conta o mesmo período, estrutura e tempo de show. Foi efetuado pagamento de R$ 80 mil a banda “Deixe de Brincadeira”, quando em Touros o cachê foi de R$ 35 mil. Para a banda “Forró de Pegação”  foi pago R$ 110 mil,  em Touros pagaram R$ 75 mil. Para a Banda “Grafitti” a prefeitura de Macau pagou R$ 100 mil para animar a festa, em Touros o valor foi R$ 90 mil.

Outro exemplo citado pelo corpo técnico foi referente ao pagamento da banda “Saia Rodada”, desta feita mostrando a diferença do cachê pago pela prefeitura de Macau em 2013, total de R$ 110 mil, e o pago pela prefeitura de  Apodi em 2015, R$ 35 mil, ou seja,  uma diferença de R$ 75 mil. “Houve uma disparidade no valor do pagamento dos cachês e o gestor responsável, provocado, não conseguiu descaracterizar o sobrepreço”, ressaltou o Conselheiro.  Fonte: TCE

‘DAMA DE ESPADAS’ DIZ EM DELAÇÃO QUE O GOVERNADOR ROBINSON RECEBIA R$ 100 MIL/MÊS

Resultado de imagem para rita das merces procuradora

O Jornal Nacional da Rede Globo teve acesso ao conteúdo da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que autorizou a Operação Anteros, tendo como alvo o governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria (PSD). Chama a atenção, segundo a reportagem, a acusação feita pela ex-procuradora da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês Reinaldo, de que Robinson recebia R$ 100 mil por mês, fruto do esquema de desvio de recursos através de funcionários fantasmas da ALRN.

Na delação premiada, Rita contou ao Ministério Público Federal como era feito o desvio de dinheiro, afirmando que os salários dos fantasmas eram descontados na agência bancárias localizada dentro da Assembleia e que o dinheiro era dividido com as pessoas envolvidas.

Segundo apurou a reportagem, a ex-procuradora contou que Robinson recebeu a “mesada” de R$ 100 mil entre 2006 e 2010, ano em que ele concluiu o mandato de deputado estadual para assumir o cargo de vice-governador do Rio Grande do Norte.

Um filho de Rita das Mercês, que colaborou com o Ministério Público Federal, contou que o governador tentou prejudicar as investigações comprando o silêncio de sua mãe. A ex-procuradora recebia R$ 5 mil por mês, enviado pelo governador através do assessor Adelson Reis. O dinheiro era entregue em espécie, sempre em lugar previamente marcado, como shopping e até no estacionamento do Centro Administrativo em Natal.

Adelson Reis foi preso na Operação Anteros, detonada pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira (15). A assessora do governador e vista como pessoa da extrema confiança, Magaly Cristina, também foi presa.