A Gestão do prefeito Hélio Miranda é auferida pelo TCE como a melhor do RN

O Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), divulgado nesta quarta-feira (05), pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) mostra que 31 municípios potiguares apresentaram uma melhoria na qualidade das políticas públicas entre 2016 e 2017. O município de Guamaré está incluído nessa relação.

Segundo os dados do IEGM, apresentado pelo diretor de Administração Municipal (DAM), Aleson Amaral, oito municípios conseguiram demonstrar uma gestão pública “efetiva”. São eles: Guamaré, Lajes, Martins, Riacho da Cruz, Rodolfo Fernandes, Santa Cruz, São Gonçalo do Amarante e São Paulo do Potengi.

O período da avaliação no município de Guamaré corresponde a gestão do prefeito Hélio Willamy da Fonseca Miranda (MDB), que governou a cidade de 1º de janeiro de 2013 até outubro de 2018. Segundo a avaliação divulgada pelo TCE, Guamaré ficou em 1º lugar no IEGM em relação ao ano de 2017.

Para o presidente do TCE, conselheiro Gilberto Jales, o IEGM é uma ferramenta que possibilita medir a qualidade e a efetividade das políticas públicas. “Não adianta dizer que o ente público cumpriu o investimento mínimo de 12% em saúde e 25% em educação se além dessa formalidade o recurso investido não tiver gerado um serviço público de qualidade lá na ponta, no atendimento ao cidadão”, exemplificou.

Sobre o IEGM

O Índice de Efetividade é uma ferramenta criada em 2016 que sistematiza informações em sete áreas da gestão pública (Educação, Saúde, Planejamento, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Cidades protegidas, Governança em Tecnologia da Informação) e tem como objetivo avaliar a qualidade e a efetividade das políticas públicas nos estados e municípios por meio de informações obtidas com os gestores e dos dados das prestações de contas dos governos.

As informações completas sobre o IEGM podem ser acessadas no link:

 https://iegm.tce.rn.gov.br/#/

Resultado de imagem para guamaré conquistar o selo unicef

Na gestão de Hélio, Guamaré recebeu há dois anos o Prêmio “Selo Unicef 2013/2016”

(Visited 95 times, 95 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *