dezembro 4th, 2016

Guamaré realiza 2ª Edição do Casamento Comunitário.

dsc_0278

A prefeitura Municipal de Guamaré, secretaria municipal de Assistência social, através do Centro de Referência de Assistência Social- CRAS realizaram nesta sexta-feira (02), o II Casamento Comunitário, o evento foi realizado no Clube Municipal da Orla Aratuá em Guamaré.

A prefeitura mais uma vez valorizando a realização do matrimônio, resgatando a família como primeira instituição criada por DEUS como também legalizando a situação conjugal dos casais.

A solenidade contou com a presença da secretária de assistência social, Marisa Rodrigues, a coordenadora do CRAS, Mércia de Souza, a equipe do serviço de convivência fortalecimento de vínculos – SCFV, outros profissionais da Secretaria de Assistência Social e de outras Secretárias como também familiares e padrinhos dos 13 casais citados abaixo.

– Sebastião Marques da Silva e Maria dos Navegantes Félix da Fonseca

– Manoel Alves de Melo Costa e Liliane Costa Peixoto

– Francisco das Chagas da Silva e Rosimary Vital da Silva

– José Cláudio Cardoso Junior e Eliane Gomes Rodrigues

– Igor Santana Andrade e Edinete dos Santos Nascimento

– Emanoel Lucas da Silva e Larissa Rafaela Vital da Silva

– Almir Lúcio da Silva e Santelma da Silva Nascimento

– Siderlan Fernandes da Rocha e Roseane Santana Andrade

– José Arlindo Cordeiro da Silva e Juliete Melo de Freitas

– Jeferson de Moura Massena e Maria Aparecida dos Santos Fonseca

– Francisco Evangelista e Luzinete Santana do Nascimento

–  Maelison Costa de Brito e Jardeliny de Lima Silva

– Francisco Gomes de Farias e Eliane Gomes da Costa.

Toda decoração foi minuciosamente e carinhosamente preparada que deixou o evento impecável e a contento de todos. O casamento comunitário acontece a dois anos consecutivos no município, para os casais que participam dos Grupos de Convivência, realizados nos Centro de Referência em Assistência Social. O casamento comunitário é uma forma de fortalecer os laços familiares buscados pelos Grupos de Convivência.

O Casamento Comunitário é concretização de um sonho para muitos casais, porque há casais que já estão juntos há 20 anos, mas, não tinha a condição de oficializar a união no cartório e a gestão municipal viabilizou gratuitamente essa cerimônia, através da festa e os 13 casais receberam os registros civis de casamento dados às pessoas que comprovarem vulnerabilidade social, mediante apresentação de declaração emitida pela Secretaria.

Cada casal teve direito de convidar padrinhos, amigos e familiares para a cerimônia, os quais se posicionaram e em seguida os noivos e padrinhos dirigiram-se à mesa para oficializar o ato solene de registro civil.

Para oficializar o Registro Civil teve a grata presença o Juiz de Paz Dr. Bruno César dos Santos Oliveira, e contou também com a benção do Pastor Antônio Neto da igreja de Cristo em Guamaré.

Para fechar com chave de ouro, todos os padrinhos receberam das mãos dos recém-casados, lembranças do casal e também todos os convidados e presentes puderam se deliciar com um jantar.

Prefeito Hélio fala da conquista do Selo Unicef Município Aprovado.

A cidade de Guamaré conquistou o Selo Unicef  “Município Aprovado”, por iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). O prefeito  Hélio Miranda, ficou feliz  com o reconhecimento internacional por avanços nas áreas de Saúde, Educação, Proteção e Participação Social em direção à redução das desigualdades que afetam as vidas de crianças e adolescentes.

Em sua primeira gestão, foram quatro anos de muito trabalho para garantir redução das desigualdades sociais e garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes.

O prefeito Hélio recebeu ontem o Selo Unicef em solenidade realizada no auditório da Escola do Governo em Natal e que contou com a presença da primeira-dama do município  Christianny Fonseca.

Veja em vídeo as palavras do prefeito após receber o prêmio.

Acidente grave deixa duas vitimas fatais na BR 406 próximo a Jandaíra.

Um acidente grave foi registrado na BR 406 no inicio da noite deste sábado (03) próximo à cidade de Jandaíra. Dois veículos colidiram violentamente.

Passageiros ficaram presos às ferragens de um dos veículos. Duas equipes do SAMU foram acionadas para socorrendo as vítimas.

As vitimas foram identificadas por Tarcísio Pereira de Lima, mais conhecido por Tabara, pescador da praia de Enxu Queimado, município de Pedra Grande. A outra vítima fatal foi o despachante credenciado do DETRAN em João Câmara conhecido popularmente por Papadinha.

No acidente cinco pessoas se envolveram, três foram socorridas para Natal pelas equipes do SAMU.

vitimas-fatais-papadinha-e-tabara

TCE vai reunir gestores eleitos em evento.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) apresentará o resultado do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) durante Encontro com Gestores Públicos Municipais nos dias 06 e 07 de dezembro. O índice mede a correspondência entre as ações dos governos e as exigências da sociedade no âmbito dos municípios do Rio Grande do Norte.

O evento será realizado na Escola de Governo Dom Eugênio Sales, a partir das 08h.  A programação destaca ainda os procedimentos e das condutas relativas ao encerramento e transição de mandato nos municípios e traz também esclarecimentos acerca de outras resoluções expressivas aprovadas pela Corte.

O público-alvo do Encontro é de prefeitos e vice-prefeitos (atuais e eleitos), presidentes de Câmaras Municipais e outros agentes públicos (controladores, responsáveis pelo setor financeiro e/ou outros assessores), bem como membros de equipes de transição do gestor eleito.

Nordeste brasileiro enfrenta a maior seca de sua história.

O Nordeste brasileiro enfrenta a seca mais longa desde que começaram as medições pluviométricas. Desde 2010, a região está com chuvas abaixo da média. A região é naturalmente vulnerável às variações pluviométricas. Os registros históricos e, mais recentemente, os dados do volume de chuvas mostram que o Nordeste foi assolado pelo menos 84 vezes por períodos de estiagem prolongada.

VEJA viajou por 1 200 quilômetros para descrever como a seca que está sendo considerada como a maior da história está afetando os mais de 23 milhões de brasileiros que vivem no semiárido nordestino – a região seca mais densamente povoada do planeta. A reportagem que está publicada na edição da revista desta semana, descreve o impacto econômico e os efeitos ecológicos do fenômeno. Além disso mostra como os sertanejos se fortaleceram para enfrentar a seca que, apesar de ser a mais duradoura, não tem sido capaz de flagelar a região como no passado.