janeiro 6th, 2017

Hermano Morais: Um deputado que caiu no gosto do povo de Guamaré.

É fato público que o deputado estadual, Hermano Morais (PMDB), tem demonstrado durante todo o tempo, muita atenção com o povo do município. Ele não é aquele deputado de copa do mundo, um parlamentar que está sempre presente, dando um jeito em sua agenda para está junto com o povo de nossa terra.

Hermano em momento de lutas e vitórias se observou o respeito com nosso povo, sua simplicidade e humildade dispensa qualquer comentário, qualidades estas meramente reconhecida pelo o povo do Rio Grande do Norte, quando o fez o terceiro deputado mais votado do estado do RN.

Na solenidade de posse do prefeito reeleito Hélio Miranda, Hermano ao descer do carro, de logo foi abraçado pelo o povo, um reconhecimento da população que não se mede, por tudo que ele tem feito pelo o município de Guamaré sem medir esforços.

Em todos os eventos do município lá está ele, no meio do povo, abraçando e sendo abracado, sempre com a mesma simplicidade, humildade e carisma. Um homem que caiu no gosto do povo pela sua atenção ao município que o batizou como o deputado amigo, como o deputado de Guamaré.

Novo presidente do TJRN toma posse e anuncia medidas.

Expedito Ferreira de Souza faz discurso de posse como presidente do TJRN (Foto: Divulgação/TJRN)G1 – O desembargador Expedito Ferreira de Souza assumiu a presidência do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte na noite desta quinta-feira (5). Eleito pela Corte Estadual de Justiça em outubro de 2016, o novo presidente do TJRN conduzirá o Poder Judiciário do estado pelos próximos dois anos.

O vice-presidente será Gilson Barbosa. Também tomaram posse na quinta-feira a desembargadora Maria Zeneide Bezerra, como corregedora geral da Justiça; o desembargador Claudio Santos, como diretor da Escola da Magistratura do RN; e o desembargador João Rebouças, como ouvidor geral do Poder Judiciário.

Para Expedito Ferreira, o maior desafio do cargo será enfrentar a crescente demanda processual, já que, segundo o TJRN, mais de 300 mil processos devem entrar na Justiça Estadual a partir de 2017. “Iremos valorizar os servidores e magistrados. Precisamos estar unidos para os próximos desafios”, declarou o presidente do TJ.