Enquanto o povo e os animais sofrem com a falta de água, a Caern joga fora há sete dias.

Água que deveria matar a sede do povo de Macau e de Guamaré, está sendo jogada fora a sete dias em novo vazamento na tubulação da adutora, que liga Pendências a Macau, e a companhia Caern como sempre, fecha os olhos para o caos, dando ouvidos de mercador. Pasmem!

Hoje faz exatamente sete dias que a tubulação da adutora rompeu e o desperdiço de água é grande na extremidade da ponte do espinheiro que liga Pendências a Macau.

Diante da falta de água no município de Guamaré, o blog foi registrar de perto e constatou um vazamento na encanação da adutora que também abastece a cidade e alguns distritos que sofre com a falta de abastecimento de água.

Apesar da proporção do vazamento, acreditem… Até agora nada foi feito para evitar um rompimento bem maior. Tentamos falar com o gerente local e com gerente regional, apesar das nossas inúmeras tentativas, as ligações foram em vão.

Com a quantidade de água jogada fora, formou-se uma extensa lagoa devido  jorrar sem parar. Vários metros cúbicos estão sendo jogado fora por segundo, o prejuízo é grande não para a Caern, mas para o povo e para os animais que depende desta água para sobreviver.

Nota do Editor: Irei sempre neste espaço defender a privatização desta companhia, ou a troca imediata do responsável pela manutenção da tubulação e dos funcionários que não estão nem ai para a situação que cada vez mais estar ficando insustentável.

Somente o povo Guamareense sabe o quando é sofrer por falta de água por irresponsabilidade da Caern. É um absurdo saber que há sete dias que a tubulação rompeu e nada foi feito.

1 Comentário to “Enquanto o povo e os animais sofrem com a falta de água, a Caern joga fora há sete dias.”

  • Marcos Fonseca disse:

    Por ser hoje 1° de abril, eu queria muito que esta manchete fosse uma mentira, mas não é, é a pura verdade.

    As denuncias feitas, quase semanalmente pelo o blogueiro Josivan Dantas, do Blog Guamaré em dia, não sensibiliza a direção da CAERN e nem tão pouco a governadora Rosalba, que ao invés de resolver este problema localizado, continua andando pelo o interior do estado a infincar placas de obras que não vai realizar e desatribuir vagas promessas para a população.

    No caso específico de Guamaré e Macau, acredito que a governadora e a CAERN está fazendo de pirraça, não possível que um problema desses não se resolva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>