Fake news: Blogueiro Alderir Tavares é condenado a pagar indenização de R$ 3 mil

O empresário Celso Henrique vence em ação movida na justiça contra o blogueiro Alderir Tavares, que em novembro de 2018, publicou matéria caluniosa contra mesmo. ]

A matéria noticiava que Celso “agenciava empresas de fachada”, porém, a juíza entendeu que não havia nenhuma irregularidade na empresa e nem nos alvarás.

A juíza entendeu que a empresa atua de forma regular, que jamais ocorreu cancelamento do alvará de funcionamento e que o réu admitiu em audiência que não produziu a notícia, simplesmente recebeu de outra pessoa para publicar.

Após analisar todos os documentos a juíza diz “que o réu extrapolou no direito de informar e na liberdade de imprensa, acarretando dano moral à parte autora”. A juíza ainda cita “outro ponto levantado na matéria diz respeito ao cancelamento do alvará da empresa AMIGOS COMERCIO E SERVIÇOS LTDA, contudo, mais uma vez o autor comprovou que a este fato jamais ocorreu”.

Celso Henrique tem sido vítima constante de ataques de fakenews por diversos blogueiros. Recentemente foi publicado em diversos blogs da região matérias falsas, inclusive, uma delas dizia que Celso havia mentido nesse mesmo processo em que Alderir Tavares acaba de ser condenado. Em outra fakenews dava conta de um fornecimento de material de limpeza para Câmara de Macau pela empresa Amigos Comercio e Serviços durante o recesso devido a pandemia. A empresa não possui nenhum contrato com Câmara de material de limpeza.

Com informações da defesa do empresário Celso Henrique

(Visited 200 times, 6 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.