Guamaré adere a programa de sustentabilidade da ONU

O município de Guamaré está inserido na rota do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), que contemplou 110 municípios brasileiros, com foco em ações que visam o desenvolvimento sustentável.

Para explicar como funciona o projeto, o prefeito Adriano Diógenes recebeu nesta quarta-feira, 7, Giane Boselli, representante do PNUD.  Além de Guamaré, representantes dos municípios de Macau e Carnaubais participaram do encontro.

“Guamaré avançou em indicadores sociais, mas precisamos trabalhar ainda mais as políticas públicas intersetoriais para dar respostas rápidas as demandas, acelerando o desenvolvimento humano sustentável”, destacou o prefeito Adriano Diógenes.

Na primeira fase do projeto, será entregue um relatório de diagnóstico sobre a situação de cada cidade. Com o documento em mãos, o município vai buscar as metas traçadas e implementar as estratégias sugeridas, de modo que os objetivos sejam alcançados até o final de 2020.

Representada na reunião por João Medeiros, a Petrobras participa da iniciativa como financiadora, direcionando as ações para os municípios com que mantém vínculos.  O projeto está presente em 14 estados do país, onde serão promovidas capacitações, visando alcançar as metas e o objetivo final.

Entre as metas do projeto estão: acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares; promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos; reduzir a desigualdade dentro dos países, entre outras.

Além do prefeito Adriano Diógenes participaram da reunião a Secretária Chefe da Casa Civil, Monalisa Barra, a Secretária de Educação, Cynthia Miranda, o Secretário da Indústria e Capacitação, Davi Paulino e a Secretária de Meio Ambiente, Andréa Advíncula. O projeto também irá fortalecer os gestores públicos e as instituições locais, através de cursos e ações de capacitação.

(Visited 37 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.