Macau: Justiça anuncia nova sede para associação de assistência a condenados

Representantes do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), da Secretaria Estadual de Segurança Pública, da Prefeitura de Macau e da Procuradoria do município reuniram-se  na sede do TJRN, para discutir sobre uma nova sede para a Associação de Proteção e Assistências aos Condenados (APAC), além da criação de uma unidade feminina, no município de Macau.

A APAC é uma associação dedicada a recuperar e reinserir na sociedade indivíduos sentenciados por crimes. O foco da instituição é valorizar o indivíduo como ser integral, de modo a resgatar “os valores inerentes à personalidade humana”. As autoridades discutiram a transferência da APAC masculina para um prédio onde funcionava o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Macau.

Após a mudança, a atual sede será ocupada por uma APAC feminina, a primeira do Rio Grande do Norte. Na última terça-feira, 16, magistrados e servidores do TJRN foram até as cidades de Macau e de Guamaré, e se reuniram com representantes das respectivas prefeituras para alinhar a parceria com os municípios que custeiam a APAC.

Além das reuniões, o grupo também participou do encerramento do curso de formação de voluntários do método APAC 2019. O curso, que teve 38 concluintes, durou 13 semanas, com um total de 33 horas de carga horária.

(Visited 36 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.