Médico e prefeito grava dezenas de vídeos estuprando pacientes

Um escândalo no interior do Ceará. Médico e prefeito da cidade de Uruburetama, José Hilton Paiva está sendo acusado pela prática de crime de abuso sexual por suas pacientes. E o pior. Ele estaria cometendo os crimes há décadas.

 A denúncia ganhou repercussão no portal G1, que teve acesso a 63 vídeos, filmados pelo próprio médico, com as pacientes. As gravações mostram Hilton com a boca nos seios de mulheres sob o pretexto de estar tirando secreção e penetrando as pacientes, alegando que precisava “desvirar” o útero delas.

“Especialistas que assistiram aos vídeos afirmam que em nenhum momento Hilson Paiva realizou um atendimento ginecológico. ‘Trata-se de um monstro’, e as imagens ‘demonstram claramente um estupro da paciente’, avaliam profissionais da Associação Médica Brasileira”, informa o G1.

O Ministério Público ouviu o relato de seis mulheres que dizem ser vítimas de abuso do médico. O prefeito afirma que nunca fez “nada forçado” e que as acusações são “jogada da oposição”. “Querem me derrubar”, argumenta Hilson de Paiva.

O doutor Hilson, como gosta de ser chamado, tem 70 anos, atende em hospitais públicos e também é político. Ele foi eleito prefeito de Uruburetama em 2016 com 76% dos votos.

Os vídeos não podem ser publicados por possuírem imagens de pacientes nuas.

(Visited 30 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.