Ponto eletrônico passa a valer em Guamaré

Desde o dia 1º de dezembro de 2017, que já está em vigor o Ponto Eletrônico para todos os servidores efetivos, cargos comissionados, contratados, e funcionários da empresa terceirizada prestadora de serviços à Prefeitura Municipal de Guamaré, conforme publicação do Decreto Municipal 011/2017, que  dispõe sobre as normas e procedimentos relativos ao registro eletrônico de ponto, controle e aferição do cumprimento da jornada de trabalho dos agentes públicos.

Gerenciamento da jornada de trabalho

Caberá ao Secretário Municipal ou equivalente verificar, diariamente, o correto funcionamento dos equipamentos de REP. Os casos omissos serão avaliados pela Secretaria Municipal de Administração, em conjunto com a Secretaria Municipal de Gabinete Civil.

O sistema proíbe regalias

Primeiro, por impedir através do sistema o pagamento a profissionais por plantões, horas extras, gratificações, dentre outras vantagens que não eram feitos, mas apadrinhado ao servidor muitas das vezes pelo o chefe do setor, ou mesmo pelo próprio secretário.

O ponto eletrônico deve ser um marco na pasta da Secretaria Municipal de Educação, pois acabará com os vícios antigos de professores faltosos em sala de aula, como por exemplo, na Escola Municipal Benvinda Nunes Teixeira, em Guamaré, e Escola Municipal Professora Maria Madalena da Silva, em Baixa do Meio. Na Secretária de Saúde e Segurança a mudança será radical.

Cada professor deverá receber seu pagamento por hora aula dado em sala de aula, com isto ganha o aluno, o pai do aluno e a educação do município. Com a implantação do Ponto Eletrônico nas repartições públicas por parte da Prefeitura Municipal de Guamaré, o governo avança na política de profissionalização da administração Pública.

O ponto eletrônico acabará com as injustiças

Antes das maquininhas com a impressão digital de cada servidor, o controle de frequência era quase impossível. Era muito comum um servidor entrar no setor de trabalho e sair logo depois de assinar o ponto. Também era costumeiro um assinar pelo outro, e assim se promovia a farra de frequência sem existir, como apenas alguns trabalhavam, mas todos recebiam salário completo no fim do mês, uma verdadeira injustiça, mas isto acabou na prefeitura de Guamaré.

Acompanhamento online

Em perfeito funcionamento, o ponto biométrico ainda está sobre rejeição por parte de alguns servidores, mas este mau está sendo combatido pelo o setor responsável.  O atestado do comparecimento de cada servidor ao seu setor de trabalho, é feito através de registro de ponto biométrico, com o objetivo de verificação de sua frequência, podendo o próprio servidor acompanhar online através de sua senha pessoal, ou mesmo, o próprio Ministério Público com uma senha máster, fiscalizando do próprio órgão se o servidor denunciado está de fato trabalhando ou não, para que medidas sejam tomadas.

Fim dos fantasmas

Outro benefício está no fim dos “fantasmas”. Atualmente gente que não costumava dar as caras em seus locais de trabalho, e era acobertado por alguns secretários, faz fila hoje para apresentar suas digitais ao sistema que foi projetado para registrar a presença dos servidores, entre efetivos, comissionados e contratados da administração. A medida também se estende aos servidores das empresas JMT Service e SS Empreendimentos, que prestam serviços a poder público, estes já estão registrando a presença no ponto eletrônico.

As máquinas do Ponto Eletrônico são a prova de fraude, “assim garante o fabricante”, e a cada quatro minutos emitem relatórios para uma central instalada no RH da prefeitura de Guamaré, na administração e no Gabinete do Prefeito. A implantação do sistema eletrônico altera a forma e as normas de apuração da frequência dos servidores públicos da administração pública municipal.

A importância do ponto eletrônico

O profissionalismo e a transparência são requisitos básicos para todos os setores do setor público e privado, devendo estar presente principalmente nas atividades cotidianas, que muitas vezes são negligenciadas. A entrada do funcionário no ambiente de trabalho indica o começo de sua jornada, a partir daí serão realizadas as ações, tarefas e processos que estruturam o setor público.

Por isso, é importante ter um controle adequado do registro do horário de trabalho dos funcionários. E a melhor forma de fazer isso é utilizando um modo padronizado e em conformidade com a lei… O ponto eletrônico!

Com a implantação do Ponto Eletrônico nas repartições públicas por parte da Prefeitura Municipal de Guamaré, o governo avança na política de profissionalização da administração Pública, uma meta do prefeito Hélio Willamy que está sendo cumprida na integra, doa a quem doer.

Nota do Blog: A Folha de Pagamento da Prefeitura Municipal de Guamaré, com a relação de todos os servidores públicos, com nome, função e valores, está disponível no portal da transparência.

Toda vez que bater o ponto, o trabalhador terá de receber um comprovante impresso com o horário em que iniciou ou encerrou a sua jornada de trabalho. A mudança faz parte da regulamentação definida pela Prefeitura Municipal de Guamaré.

O blog está de olho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *