Proedi: “Guamaré acumula perdas de receitas em torno de R$ 25 milhões” Disse Prefeito Adriano

Os prefeitos potiguares e o Governo do Estado se reuniram na tarde desta sexta-feira (11) e entraram em acordo para manter o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial (Proedi). Os gestores apoiaram o programa, após o Governo aceitar contrapartidas para minimizar o impacto da queda de receita.

Os prefeitos calcularam uma perda de cerca de R$ 30 milhões com a falta dos recursos oriundos do ICMS, somente entre os meses de setembro e dezembro, por conta do Proedi.

Durante a reunião, o Governo acatou as propostas apresentadas pela comissão de prefeitos como forma de compensar parte da perda quitar as dívidas de aproximadamente R$ 10 milhões referentes à atenção básica e farmácia básica e ainda destinar R$ 10 milhões em recursos fundo a fundo na área de saúde para os municípios.

Guamaré acumula perda de R$ 25 milhões 

O município de Guamaré, segundo o prefeito Adriano Diógenes, vem acumulando perdas de receitas que já soma algo em torno de R$ 25 milhões, somente nos últimos doze meses. A frustração de receitas vem das quedas na arrecadação de ICMS, ISS e Royalties. “Com planejamento e medidas austeras estamos mantendo os serviços essenciais funcionando, pagando salários em dia e ainda investindo em infraestrutura”, disse Adriano.

(Visited 79 times, 79 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.