Quando o assunto é saúde, existem duas Pendências; uma aos olhos do povo e outra para os assessores do prefeito

Chega a ser engraçado, a fórmula matemática que a assessoria do município de Pendências encontrou a partir do recorte de um dado isolado, sobre a taxa de transmissibilidade da COVID-19, para vender a saúde pública da cidade como um serviço de primeiro mundo, diferente do que mostrou a última pesquisa Sensatus, que aferiu a satisfação da população com a gestão, onde o percentual de apenas 7,8% dos entrevistados considera ótima a saúde no município.

Para confundir a opinião pública e enganar os aliados, a turma do prefeito Flaudivan usa da malícia para comparar a saúde da sua cidade até com o serviço de saúde do município de Guamaré, embora sabendo que as duas cidades enfrentam situações totalmente diferentes nessa pandemia, estando Guamaré inserida em uma área portuária de embarque e desembarque, produção de gás e refino petróleo e eólicas. O município recebe diariamente pessoas de destinos nacionais e internacionais.

Mais se é pra comparar, vamos lá…

Guamaré tem história e exporta experiências bem sucedidas em saúde pública para o Brasil. A saúde do município foi reconhecida nos últimos anos pela Fiocruz Pernambuco e pelo Conselho Federal de Medicina, ficando o município em posição confortável no ranking nacional, considerando o valor investido em saúde pública por habitante.

A política de assistência à primeira infância no município de Guamaré também tem o reconhecimento do UNICEF, já em Pendências, eu desconheço qualquer indicador social ou mérito parecido, mas, se a assessoria do prefeito Flaudivan tiver conhecimento pode nos enviar que o blog faz a publicação na íntegra.

Nessa pandemia, o município foi o primeiro da 3ª Região de Saúde a receber cinco leitos de UTI e a equipar o hospital municipal com uma ala covid, totalmente isolada, garantindo segurança aos pacientes e profissionais de saúde. O hospital também recebeu um raio-x digital e está recebendo uma usina de oxigênio. Blog Celso Amâncio

(Visited 77 times, 5 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.