Quando o pecado é omissão: Macau tem um Vice-prefeito presente na alegria e na tristeza

A omissão é um dos piores pecados para quem está na vida pública com ou sem mandato.

Rompido há quase 1.000 dias com o prefeito Túlio Lemos, o vice-prefeito de Macau, Rodrigo Aladim, bem diferente de alguns políticos que estão na oposição de bico calado, temendo não sei o que, tem dado provas que está do lado do seu povo nas horas de alegria e nos momentos tensos e de tristeza.

O que grito de hoje foi por saúde. Veja a nota:

Meus irmãos macauenses,

Assustado com a notícia postada em um grupo de WhatsApp nesta manhã, sobre a falta de médico no pronto socorro municipal, primeiramente, fui checar a veracidade do fato, o que infelizmente aconteceu por algumas horas, tendo causado preocupação a família de um paciente, que procurou a unidade médica-hospitalar e voltou para casa sem atendimento médico.

Logo entrei em contato e cobrei uma justificativa à direção do hospital, que prontamente nos atendeu e explicou que a médica da escala de hoje, que também atende no Hospital Giselda Trigueiro, precisou faltar por estar com febre e como medida preventiva, essa foi a melhor decisão para esse momento de pandemia.

Também fui informado agora, às 10h40, que o pronto socorro já se encontra com médico no plantão para atender os pacientes na urgência e emergência.

Com responsabilidade trazemos a notícia até vocês, como forma de tranquilizar a todos, pedindo a Deus que ouça todas as preces e orações e livre as nossas famílias dessa pandemia da Covid-19.

Bom domingo e uma semana abençoada!

Rodrigo Aladim

Vice-prefeito

(Visited 67 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.