“A partida só acaba quando o Juiz der o ultimo apito”. Esdras Fragoso

“A partida só acaba quando o Juiz der o ultimo apito”. Esdras Fragoso

O TRE/RN realizou na tarde desta terça-feira (24), a sessão de julgamento através de vídeo conferência, que envolve a situação de registro de candidatura de Hélio de Mundinho (MDB), prefeito eleito de Guamaré, que se encontra sobre judice.

A sessão iniciou às 14 horas com o voto contrário de dois magistrados, os Juízes de direito Geraldo Mota,  e Ricardo Tinoco. Estes  já proferiram seu voto contra o pedido da coligação “Esperança Renovada”.

No terceiro voto, a Juíza Adriana Magalhães, pediu vistas, adiando o julgamento e somente após a vista da magistrada, os juízes Claudio Santos (Vice-Presidente e Corregedor), Daniel Maia e Carlos Wagner (Juiz Federal),  irão manifestar seu voto sobre o caso de registro de candidatura do prefeito eleito pela maioria do povo de Guamaré.

Em miúdos… O jogo não acabou!

O novo julgamento ainda não tem data marcada. Quem assistiu à sessão e ouviu os argumentos da defesa e acusação, bem sabe que não existe a configuração do artº 14 e parágrafo 5º diante do exposto nos autos, razão da coligação “Esperança Renovada” pedir provimento do recurso.

Hélio de Mundinho foi eleito PREFEITO pela maioria dos eleitores de Guamaré na eleição do ultimo dia 15 de novembro de 2020. 

(Visited 91 times, 1 visits today)