Agradecimento: “Quando Deus dá uma segunda chance é para nos lembrar do seu amor”.

Agradecimento: “Quando Deus dá uma segunda chance é para nos lembrar do seu amor”.

Quando Deus concede a alguém uma segunda chance na vida, é para lembrar a esta pessoa sobre o amor que Ele tem por ela, e da brevidade da vida. Eu tive essa experiência com DEUS hoje (02), na praia na orla do Rio Aratuá, quando fazia a cobertura fotográfica da Colônia de Férias para o Blog Guamaré em Dia.

Pois bem…

Era mais um dia de trabalho como de costume. Chegando hoje à orla da praia às 8h, e por volta das 14h registrei a última disputa de futevôlei. O sol escaldante e as horas em pé de trabalho para captar as melhores imagens, me deixaram um pouco exausto, e fui sentar perto dos meus amigos na barraca do seu Elias, para descansar um pouco.

Estava tudo bem conversando com os amigos da pelada, quando de repente sofri um apagão, fato que nunca tinha acontecido comigo. Só deu tempo eu dizer a um dos meus amigos que estava passando mal, e chamasse o motorista.

Deste momento em diante, não me lembro de mais nada, acordei já no hospital sendo atendido pela equipe médica (que foram maravilhosos). Assim como os meus amigos que estavam comigo na barraca com o socorro rápido, fato que foi importantíssimo, para que eu tivesse bem e agora, e poder compartilhar isto com os meus eleitores.

O fato me levou a uma reflexão… “Quando Deus dá uma segunda chance é para nos lembrar do seu amor”. Esta experiência de vida que passei hoje, posso dividir em duas partes o antes e depois.

ANTES:

Se DEUS tivesse me levado naquela hora, eu partiria feliz, porque eu estava perto das pessoas que eu gosto, e que demostraram e demostram em todo momento que gostam de mim.

DEPOIS:

Sobreviver a um episódio como esse pode ser considerado uma oportunidade de mudar os hábitos e recomeçar a vida. É na hora da dor que reconhecemos os verdadeiros amigos e a família, e posso afirmar que estes foram importantíssimos no que aconteceu comigo, estes durante todo tempo ficaram no hospital do meu lado esperando eu abrir os olhos e dizer que estava bem.

Aproveito a oportunidades para agradecer de público primeiramente a DEUS, aos meus amigos sem mencionar nomes, mais eu sei quem são. A minha família e a equipe médica do Hospital Manoel de Lucas, pela prontidão e o atendimento. Que DEUS os abençoe.

A experiência vivida me serviu de aprendizado, que a vida é bela quando é bem vivida. Por fim, uso como empréstimo a musica de Ana Vilela “Trem Bala”, a saber:

“A gente não pode ter tudo, qual seria a graça do mundo se fosse assim? Por isso, eu prefiro sorrisos, e os presentes que a vida trouxe pra perto de mim. Segura teu filho no colo, sorria e abrace teus pais, enquanto estão aqui, que a vida é trem-bala, parceiro, e a gente é só passageiro prestes a partir”.

(Visited 603 times, 4 visits today)