Aluno escreve ‘massacre’ em banheiro de escola em Guamaré, assusta alunos e polícia é acionada

Aluno escreve ‘massacre’ em banheiro de escola em Guamaré, assusta alunos e polícia é acionada

Uma ameaça de “Massacre”, escrita dentro de um banheiro masculino da Escola Municipal Benvinda Nunes Teixeira, em Guamaré, deixou pais e alunos com medo desde a última sexta-feira (24).

Segundo relatos que circula nas redes sociais e grupos de whatsapp, as mães dos estudantes ficaram com medo das ameaças, e temem levar os filhos para escola. A mensagem estava escrita em uma das paredes do banheiro masculino e dizia “massacre dia 13/07/2022”.

Em resposta, a direção da escola entrou em contato com a secretaria de segurança, na pessoa do secretário, Francinilson Nunes Cabral, que de logo acionou a Policia Civil, considerada policia investigativa, para investigar o caso.

O fato também foi comunicado ao Subtenente PM Jonhny Cruiff, comandante do 3º Pelotão de Policia de Guamaré, e a Guarda Civil Municipal, na pessoa do Comandante Jabnea Batista, para apoiar e garantir a segurança dos alunos.

A reportagem conversou com a coordenação da Escola Benvinda, que confirmou o incidente e disse que registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil, após tomar conhecimento da situação.

A escola disse ainda que seguiu todas as instruções da secretaria de segurança e defesa patrimonial. Além disso, tranquilizaram os pais que entraram em contato com a escola sobre o que estava ocorrendo.

Segundo o Secretário de segurança, Cabral, “Esclarecemos que, ao identificar a mensagem em tom ameaçador no banheiro da instituição, tomamos todas as medidas cabíveis, acionamos a Policia Civil, Policia Militar e Guarda Municipal. Não só a escola Benvinda, mas a Escola Maria Madalena que tem portes maiores de alunos matriculados, e demais escolas do município, estas ganharão já a partir desta segunda-feira (27), reforço na segurança”. Comentou.

O delegado da 5º Regional da Polícia Civil de Macau, Dr. Sandro Régis, disse que “a polícia civil dará em tempo a resposta. Disse ainda que os pais dos alunos podem ficar tranquilos, pois todos os alunos devem ir para a escola, e participarem das aulas e atividades normalmente. O trabalho da policia civil e demais força de segurança será feito, para garantir a segurança da escola, dos alunos, pais de alunos e da população”. Comentou.