Andréa Advíncula: Exonerada do cargo por não ter “avançado” ou traída pelo o fogo amigo?

A expressão “fogo amigo” ganhou notoriedade quando aliados de um mesmo exército atiravam em seus próprios aliados, e foi usada inicialmente nos meios militares. Por despreparo do governo, os combatentes brasileiros tinham uniformes parecidos com os dos inimigos alemães e eram então, abatidos pelos próprios compatriotas.

Pois bem…

É possível que o leitor do blog pergunte a razão pela qual contei essa história do “Fogo Amigo” no início deste texto. O filósofo iluminista francês Voltaire tem uma frase que resume com mais clareza. “Deus me defenda dos amigos, que dos inimigos defendo eu”.

Na vida quando assumimos uma função pública de primeiro escalão, como secretário de governo, queira ou não, temos que adotar algumas posições e medidas amargas, e evidentemente que tal ação naturalmente fere os contrários, em algumas vezes extrapolam os limites das ideias e companheirismo, e partem simplesmente para o quanto pior melhor para que o objetivo seja alcançado.

Lugar ao Sol

Nenhum secretário, secretaria de pequeno ou grande porte consegue avançar sem ajuda de todos, seja, do ASG ao chefe maior. Ninguém chega a lugar algum sozinho, e para isto é preciso unir forças para que as metas estabelecidas sejam alcançadas, mas infelizmente em quase todo lugar existem pessoas que em vez de ajudar a solucionar os problemas, trabalham à surdina fazendo o oposto, pelo o simples fato de ‘puxar o tapete’ para buscar o seu lugar ao sol.

Há de se pensar o porquê de exatamente a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo foi o primeiro alvo de mudança, enquanto outras secretarias que trabalham diretamente com a população, as quais inclusive já foram alvo de duras críticas na Câmara Municipal, e pela população nas redes sociais e grupos whats app, e que aparentemente não demonstram o serviço que deveriam continuam em brancas nuvens foram ignoradas, secretarias que não avançam de jeito nenhum nem no empurrão, outras completamente paradas, e outras que trabalha a surdina faz tempo contra o próprio governo fazendo corpo mole.

O alvo

A ex-Secretária de Meio Ambiente, Andréa Advíncula, anoiteceu no cargo e não amanheceu. Em busca de notícias sobre sua saída da pasta, o blog conseguiu extrair que ela foi chamada pra conversar, e teve a surpresa de que seria destituída do cargo já de imediato.

A justificativa de sua saída segundo apurou o blog seria que “a secretaria de meio ambiente precisava demonstrar maior agilidade nos processos que são pertinentes à pasta”, até aí sem problemas, faz parte da atitude de mudança. Em busca de uma resposta mais plausível para esta publicação, o portal procurou a ex-secretária, ouvimos e fomos ouvidos, e Andréa disse que saiu da pasta com o sentimento do dever cumprido sem nenhuma mágoa, pois ela deu o melhor de si enquanto esteve a frente da secretaria.

O que faltou? Pulso firme ou agilidade?

Mas, como fazer uma pergunta ao um homem público não é pecado, e não ofende a ninguém, perguntamos onde estaria essa falta de agilidade? Vou falar como imprensa local, como servidor público e cidadão deste município que amo e quero bem.

A Secretária de Meio Ambiente no mandato do prefeito Adriano Diógenes desempenhou um papel de demanda própria, e no apoio de suporte às várias outras secretarias, suporte este necessário. Mesmo não sendo uma das secretarias de grande porte, como Educação, Saúde ou Assistência Social, mas no meu entendimento tem a sua importância pela preservação e qualidade ambiental.

E mesmo ela como gestora não ter tido o empenho e dedicação de alguns da sua equipe, talvez isto tenha sido um dos seus maiores erros a frente da secretaria. Não ter de fato com pulso firme cobrado diariamente a responsabilidade de fazer acontecer de cada funcionário, inclusive da própria Jariane, atual secretária, as qualidades da ex-secretária Andréa Advincula, sempre foram maiores do que seu erro, mesmo assim levou sua exoneração.

Tá registrado

O portal é testemunha que a secretaria de meio ambiente, dentro das suas possibilidades, planejou e executou ações como: Oficinas de confecção de ecoartesanato, brinquedos ecológicos e de sabão ecológico a partir de óleo de cozinha usado, além destas, foram realizadas palestras nas escolas com temas relacionados à conscientização ambiental, trilhas ecológicas, produção e distribuições de mudas de plantas frutíferas e nativas, dentre outros.

Além da parceria com as escolas pública da rede municipal, estadual e particular de ensino, Unidades de Saúde e comunidade em geral. Entende-se que muitos dos processos iniciados desde o inicio da gestão tenham caminhado a passos lentos, e por vezes estagnado, paralisado efetivamente em virtude da morosidade de alguns setores responsáveis, ou por “profissionais” que só faz andar o processo nas plataformas quando ele bem quer, a razão só Deus sabe, penalizando a secretaria e setores de agir em tempo e em prol do desenvolvimento da pasta e do povo.

Legado

Não se pode esquecer jamais o legado que deixou a secretária Andréa, como por exemplo, o processo de realização da balneabilidade que consiste no monitoramento das águas estuarinas, e de sedimentos bem como do efluente da ETE. Todo a estruturação da cooperativa de catadores que foi iniciado em 2018 e tem sido um público que apresenta a necessidade de um trabalho de conscientização bem sedimentado, visando à estruturação da mão de obra, que hoje se encontra trabalhando na clandestinidade, e de maneira desumana no aterro do município constatado na ultima semana do ano pelo o editor do blog. O processo de aquisição das mudas de plantas ornamentais e de frutíferas, o os processos de aquisição de materiais, bens e serviços que serão desfrutados pela nova gestora que já encontrou os processos em andamento e que foram paralisados sabe-se lá o motivo.

A secretaria de Meio Ambiente trabalhou e muito para que as ações acontecessem, mas os desafios não eram poucos, o travamento dos processos de aquisição de material, de bens e serviços, a burocracia e o tempo foram mais um dos inimigos na gestão da ex-secretária.

Ação com realização

Aquisição do material de educação ambiental, aquisição de serviço de embarcação para realização da fiscalização e monitoramento da área estuarina e de educação ambiental realizada nos manguezais. Processo de aquisição de mudas para o paisagismo e recuperação de áreas públicas, a fim de se proporcionar um ambiente prazeroso de conviver em espaços públicos como praças, ruas, canteiros, aquisição de mudas frutíferas para realização de incentivo a soberania alimentar e complementação de renda aos assentados e agricultores da zona rural do município.

Como suporte a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, a secretaria de meio ambiente teve demanda para o Engenheiro Civil acompanhar e fiscalizar várias obras como a reforma do Prédio da Prefeitura e da Sala de Raio X do hospital, obra essa que se arrastou por muito tempo, além de suporte nas áreas de elaboração de orçamento para fins de licitação.

Foi dado suporte com a realização de projetos de praças e da escola do Assentamento Santa Paz, ambientação da Central de Cidadania, entre outros. A engenheira ambiental, realizou o estudo e levantamento de materiais necessários ao adequado funcionamento da ETE que foi licenciada pelo município, para fins de aquisição de materiais incluindo EPI’S necessários ao manuseio dos químicos e operação da ETE. Licenciamento ambiental da ETE. E plano de desmobilização da antiga Estação de Tratamento das lagoas de maturação e decantação do Vila Maria.

Na equipe do Licenciamento foi incluída a Engenheira Ambiental, o Engenheiro Civil  a Arquiteta e a Geógrafa, estes participaram em conjunto com a Secretaria de Assistência Social do levantamento das moradias de taipa barracos, e casebres que são irregulares em áreas de preservação ambiental, ou áreas de risco ou de imóveis que sejam contemplados como inabitáveis, para atualização do déficit habitacional do município.

Foi iniciada ainda a instalação do viveiro onde serão produzidas as mudas para futuras arborizações da cidade e doação de mudas aos munícipes de plantas nativas e frutíferas. Porém os processos de aquisição de sementes e de insumos ainda não foram finalizados pelos diversos setores que tramitam até ser finalizado com a aquisição propriamente dita.

Há que se pensar como foi que Andréa chegou até aqui. Pelo que foi respondido: “ “Chaguei até aqui com ajuda de Deus e fruto de muito trabalho, esse momento pra mim é de satisfação e gratidão, pois cresci profissionalmente aqui no município e me dediquei de fato a isso, as falhas existem, são naturais ao ser humano, e agradeço de coração esse primeiro ano de gestão do Prefeito Adriano, que foi confiada a tarefa de gerir a pasta e que infelizmente não correspondi as expectativas dedicadas, mas faz parte do processo, o que precisa ser mudado se mude, temos que acatar a decisão do gestor maior. Espero que a decisão tomada tenha sido realmente a mais acertada pelo bem dos munícipes e do meio ambiente. Finaliza-se um ciclo e inicia-se outro. Agora vou me dedicar a outros projetos de vida.  Sigo sendo funcionária pública e exercendo minha função”, Finalizou.

Os processos de aquisição de material não foram finalizados pelas instancias administrativas. Mais acreditem se quiser… Alguns destes processos que estavam travados na gestão de Andréa nas últimas horas após sua exoneração voltaram a ser movimentarem na plataforma virtual a prefeitura já na gestão da nova secretária Jariane Faustino.

Acerto ou Erro

O prefeito Adriano Diógenes, nomeou acreditando que as metas serão cumpridas, a arquiteta Jariane, que já trabalha no setor faz tempo, para que seja dada maior agilidade aos procedimentos, “avançar” e espera-se que ela tenha respaldo e apoio de todos os setores para que sejam desembaraçados os encalhes dos processos, e que sejam finalizados os procedimentos. O que é fato notório é que os frutos que ela der agilidade e chegarem a andar são exatamente os frutos a serem colhidos de um trabalho que foi realizado dia e noite pela ex-secretária.

Nunca devemos esquecer que por trás de um secretário de governo existe uma equipe, e caso as mudanças ensejadas não sejam realmente alcançadas em tempo, se passe de uma gestão não tão ágil para uma ineficaz e ineficiente. Há quem diga que virão profissionais escolhidos a dedo pela nova secretária, que são inescrupulosos pra retornarem a comer no prato que já cuspiram. Há também quem afirme que há dedo de vereador na exoneração da ex-secretária,  o blog está acompanhando e de olhos abertos!

Diante de tudo exposto aqui neste espaço gostaria muito de saber assim como muitos leitores, se a exoneração de Andréa Advíncula, foi de fato por não avançar ou ela foi traída pelo o fogo amigo? Só o tempo vai dizer. Jariane assume a pasta já amargando dura rejeição nos comentários nas redes sociais e grupos de whats app, fico aqui na torcida que ela tenha o apoio necessário e faça um bom trabalho, e que a secretaria possa de fato AVANÇAR.

Nota do Blog: Já dizia o Bispo Dom Jaime Vieira Rocha. Oremos Irmãos!!!

(Visited 336 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.