sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Com 84 anos, Agnaldo Timóteo morre de covid-19 no Rio

Com 84 anos, Agnaldo Timóteo morre de covid-19 no Rio

Uma das vozes mais conhecidas da música romântica brasileira, o cantor Agnaldo Timóteo não resistiu às complicações decorrentes da Covid-19 e morreu neste sábado, 3, no Rio de Janeiro. Ele tinha 84 anos e estava internado na UTI do Hospital Casa São Bernardo, na Zona Oeste do Rio, desde o último dia 17 de março.

Os médicos acreditam que o artista e político contraiu o coronavírus no intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina. O cantor precisou ser intubado no último dia 27 para “ser tratado de forma mais segura” contra a doença, segundo a família.

“É com imenso pesar que comunicamos o FALECIMENTO do nosso querido e amado Agnaldo Timóteo. Agnaldo Timóteo não resistiu as complicações decorrentes do COVID-19 e faleceu hoje às 10:45 horas. Temos a convicção que Timóteo deu o seu Melhor para vencer essa batalha e a venceu! Agnaldo Timóteo viverá eternamente em nossos corações! A família agradece todo o apoio e profissionalismo da Rede Hospital Casa São Bernardo nessa batalha”, disse a família, em nota.

Agnaldo Timóteo Pereira nasceu em Caratinga, Minas Gerais, no dia 16 de outubro de 1936. Iniciou sua carreira artística em programas de calouro na rádio local. Passou a adolescência em Governador Valadares e Belo Horizonte, período este onde ficou conhecido como “Cauby Mineiro”.

Na política, teve mandatos como deputado federal e vereador em São Paulo e no Rio de Janeiro. Com informações do UOL e G1