“Criança Feliz” é desenvolvido em Guamaré com responsabilidade

Considerado o maior programa de visitação domiciliar para o desenvolvimento infantil no Sistema Único de Assistência Social-SUAS, o Programa Criança Feliz visa promover o desenvolvimento integral na primeira infância em Guamaré.

O projeto atende a base familiar da criança e o contexto de vida em que está inserida cada família acompanhada. Tem como público prioritário, gestantes, crianças de 0 a 3 anos do Programa Bolsa Família e na faixa etária de 3 anos a 6 anos, beneficiários do Benefício de Prestação Continuada-BPC.

A Prefeitura de Guamaré através da Secretaria Municipal de Assistência Social -SEMAS, tem investido fortemente para garantir a efetivação dos direitos na primeira infância. “A nossa meta é assegurar que as crianças cresçam com total atenção. Para alcançar esse resultado, trabalhamos o fortalecimento de vínculos familiares e afetivos”, destacou a Secretária Municipal de Assistência Social, Juliana Câmara.

A equipe do Criança Feliz em Guamaré é composta por seis visitadores e um supervisor, que acompanham 200 famílias inscritas do Programa Bolsa Família, divididas por localidades. Esse acompanhamento é feito através de visitas domiciliares semanais, com o objetivo principal de fortalecer o vínculo familiar e orientar as famílias em situações de vulnerabilidade acerca dos seus direitos.

O projeto estimula também o desenvolvimento das habilidades motoras, cognitivas e socioemocionais, por meio de atividades, que vão desde um estímulo com a gestante, até a confecção de brinquedos com materiais recicláveis.

“Pequenas ações como essas muitas vezes passam despercebidas, mas trazem resultados surpreendentes, sempre de forma lúdica e levando a importância do brincar e do cuidar. A partir desse trabalho é perceptível o avanço  das crianças no decorrer de cada visita e o resultado de cada ação é imutável, pois os primeiros 1000 dias de vida são fundamentais para o desenvolvimento das competências de uma criança”, acrescentou a secretária de Assistência Social, Juliana Câmara.

A secretária que também é articuladora do Selo Unicef no município, ressalta que o ato de ir até a casa da família e conhecer o dia a dia daquele núcleo familiar é de grande importância, pois possibilita uma ligação de confiança entre a família e o visitador, que acompanha de perto a maneira como a mãe se relaciona com a criança.

A Secretaria de Assistência Social de Guamaré tem dado todo o respaldo necessário a equipe do PCF para que as ações aconteçam em conformidade com o que estabelece as normativas Federal. “Compreendemos que o vínculo mãe/filho/família assegura a criança uma base sólida para explorar, aprender e se relacionar no futuro”, concluiu a Secretária Juliana Câmara.

(Visited 21 times, 21 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.