E agora Mozaniel? O que dizer a Guamaré?

E agora Mozaniel? O que dizer a Guamaré?

Do Blog Thalita Moema

O MPRN, através da promotora Rossana Campos, da 31ª Promotoria de Justiça, pede que a liminar concedida em agravo de instrumento que permitiu que a candidatura a prefeito de Guamaré de Mozaniel de Melo Rodrigues, tivesse o seu registro de candidatura deferido, por ter suspendido os efeitos do acordão do TCE/RN que reprovou suas contas diante a sua gestão como prefeito por ato doloso e de improbidade seja revogada.

Ocorrendo a revogação da medida liminar, o ex-prefeito poderá perder a sua condição de elegibilidade por ser declarado ficha suja!

O parecer segue em anexo, para que mais uma vez não digam que é fakenews. O espaço está em aberto para que o candidato Mozaniel possa dar sua versão sobre o parecer da promotoria.

E só para reforçar, aviso ao pessoal de Guamaré que está divulgando informações falsas ao meu respeito, que fui inocentada nos processos que estão repassando nos grupos de WhatsApp, apenas porque postei uma matéria verídica de um candidato como qualquer outro de qualquer cidade, que está disponível publicamente, e que deixei o espaço aberto para se pronunciar.

Do Blog Guamaré em Dia

No dia 05 de novembro de 2020, o Blog de Robinson Pires, publicou:

Clique aqui e veja

https://robsonpiresxerife.com/sem-categoria/guamare-rn-registro-da-candidatura-de-mozaniel-pode-ser-cassado/

O blog Guamaré em Dia repercutiu a matéria por entender que era verídica e que a decisão se for acatada pelo o juiz mudaria o cenário político e a população em Guamaré precisaria saber da notícia através do nosso canal.

Nos últimos meses sempre procurei manter com Mozaniel um bom diálogo e respeito mútuo de um para o outro, em diversas oportunidades conversamos sobre o futuro da cidade. Ou seja: criamos uma relação de amizade, mesmo ele defendendo uma bandeira e eu outra com imparcialidade.

A ele, deixei o espaço do blog sempre aberto e aqui foi publicada a agenda de campanha e eventos da coligação. Não apenas dele como candidato, mas do vereador Gustavo, candidato a reeleição e de outros.

Mozaniel tinha nas mãos uma conquista, alguém que ele poderia contar para divulgar seu trabalho, e mesmo contrariando parte do grupo oposicionista, procurei ser imparcial dando espaço no nosso canal para todos.

Mal assessorado e sem sabedoria de conduzir situações adversas, Mozaniel resolveu assinar uma procuração e determinou que seus advogados processassem o blog Guamaré em Dia e seu editor, alegando nas iniciais que o blog esta publicando notícias falsas (FakeNews).

Suportei o insuportável em silêncio e não revidei, não respondi naquele momento a altura, confesso que fiquei consternado com a atitude de Mozaniel, pois ele tem meu telefone e podia naquele momento ter me ligado e pedido o direito de resposta, ou até mesmo pedir para eu excluir a publicação que assim seria feito, mas fez o oposto, me processou.

Mozaniel processou não só o Blog Guamaré em Dia, que parece ter sido o alvo principal, mas processou na mesma petição do blog de Robinson Pires e Thalita Moema, mas esqueceu de processar o maior jornal do estado, Tribuna do Norte e outros veículos de comunicação que também publicaram a matéria.

Ontem, o MPRN pediu ao Juiz que a liminar concedida em agravo de instrumento que permitiu que a candidatura a prefeito de Guamaré de Mozaniel Rodrigues fosse suspensa os efeitos do acordão do TCE/RN que reprovou suas contas, diante a sua gestão como prefeito por ato doloso e de improbidade seja revogada.

Agora, Mozaniel vai ter que dizer ao Ministério Público, conhecido como guardião e fiscal da Lei, que a notícia vinculada e repercutida na imprensa do estado é falsa, é fakenews.

E faço minhas as palavras de Thalita Moema, não retiro uma vírgula, porque já dizia meu avô “A ingratidão tira a afeição!”, e repito o que sempre disse ao filho do saudoso João Pedro Filho.

Biel é muito mal assessorado e precisa saber mais fazer política, juntar, em vez de afastar.

Ao candidato Mozaniel, este canal de notícias continua aberto para que você possa dar a sua versão sobre o parecer da Promotoria.

(Visited 15 times, 4 visits today)