sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
banner site png-1
“É impossível progredir sem mudanças, e aqueles que não mudam suas mentes não podem mudar nada”. George Bernard

“É impossível progredir sem mudanças, e aqueles que não mudam suas mentes não podem mudar nada”. George Bernard

É preciso mostrar quem manda no governo!

Há um velho consenso segundo o qual os novos gestores públicos precisam ter pelo menos uns meses de trégua neste segundo mandato, seja por parte dos eleitores que os guindaram aos cargos, seja por parte da imprensa. É um período destinado aos ajustes nas finanças, retomada de obras, e ajustes em seu secretariado que ainda parece está sobre avaliação.

É preciso reconhecer os problemas administrativos que precisam ser resolvidos a tempo em prol do desenvolvimento da gestão e do município. E à montagem de uma equipe de apoio ao prefeito que ajude de fato nas secretarias o prefeito a governar com o povo e para o povo.

Sete meses já se FORAM para muitos prefeitos deste BRASIL A FORA, que conseguiu nas urnas se reelegerem para um segundo mandato. Mais ainda é visível na população o sentimento e a ansiedade na solução dos problemas que cabem somente ao poder público resolver.

O povo tem pressa e reclama com razão nas ruas, nas redes sócias, que a máquina precisa andar em todos os setores. Mas o que se ver hoje na administração pública é muita gente mandando e desmandando. Tomando decisões sem consultar o povo e o próprio prefeito que o nomeou, e quando o chefe do executivo se dá conta o estrago já está feito.

Os novos gestores precisam impor e com urgência autoridade sobre o seu staff. Caso contrário, por maior que seja a disposição e o empenho do prefeito em fazer o melhor pelo o seu povo e para seu município, esses atributos acabarão por esbarrar no desleixo dos que agem sem se importar com de quem é de fato o prefeito.

GMR Telecom