sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
banner site png-1
Entre ajudar a APAC em Macau, e ajudar aqueles que não comeram crime algum em Guamaré, eu prefiro ficar com a segunda opção. Disse Vereador Gustavo

Entre ajudar a APAC em Macau, e ajudar aqueles que não comeram crime algum em Guamaré, eu prefiro ficar com a segunda opção. Disse Vereador Gustavo

Ainda repercute nas redes sociais e grupos de whatsapp, o projeto de lei aprovado na sessão extraordinária realizada na ultima sexta-feira (30), que autoriza o poder executivo municipal a celebrar convênio com a associação de proteção e assistência carcerária – APAC, a fazer o repasse no valor de R$ 200 mil reais para a instituição.

Na sessão, o vereador Gustavo Santiago (SD), argumentou o prejuízo que poderia causar ao munícipio com a aprovação, mas apesar do seu discurso pautado, ele foi vencido pela maioria dos votos, apenas o vereador Daniel Monte, acompanhou o voto do vereador.

Antes mesmo da votação, o vereador Gustavo tinha externado em vídeo em suas redes sociais seu repúdio quanto a possível aprovação, mas deixou que a própria população pudesse opinar e formar juízo de valor se era certo ou errado.

Gustavo disse que a realidade do município é outra, e que com aprovação do projeto causa aos cofres públicos um prejuízo irreparável, se tratando que outros projetos de lei que beneficia diretamente o povo, que vive e residem aqui no munícipio estão engavetados.

O vereador disse que dados oficiais do município dão conta que existe 60% da população do município vivendo em vulnerabilidade social, essa pessoas precisam também serem inseridas na sociedade, a pobreza e a realidade social que essas pessoas vivem dia após dia as a marginalizam.

Há outros projetos de lei que estão esperando serem colocados em prática aprovado pela câmara municipal, e sancionado pelo o chefe do executivo, como por exemplo, o projeto de lei Bolsa Universitária.

“Esse projeto visa ajudar nossos jovens a terem uma oportunidade na vida a cursarem uma graduação, mas até os dias atuais não temos um jovem sequer de Guamaré gozando dessa lei aprovada pela Câmara”. Argumentou.

“Se os R$ 200 mil reais destinados para APAC fossem destinado para esse projeto do Bolsa Universitária, haveria no mínimo 30 jovens inseridos para sua formação, mas até o momento ninguém recebeu nenhum centavo”. Comentou.

Gustavo ainda disse que esse projeto tão importante não foi aprovado em caráter de urgência como o projeto da APAC.

O vereador ainda falou que a população de baixa renda continua pagando a taxa de iluminação pública. O município jamais enfrentou uma seca tão grande como está enfrentando nos últimos dez anos, mas desafiou algum vereador apresentar o que está sendo feito para ajudar o agricultor.

Gustavo perguntou pelo o projeto de Lei que autorizou o munícipio celebrar convênio com o município de Jandaíra para perfurar poços, mas até hoje nenhum poço foi perfurado pela prefeitura através da secretaria de agricultura, para beneficiar o homem do campo que chora por falta de água.

Entre os projetos de ajudar a APAC o vereador disse que devemos ajudar a nossa população, aqueles vivem e morar aqui que não cometeram crime algum, colocar em prática os projetos de lei que estão engavetados em beneficio do nosso povo.

Mesmo tendo a oportunidade de explanar os reais motivos que vivem o munícipio, de outros projetos de lei que necessitam de prioridade, o vereador foi vencido por 7×2 dos votos.

O projeto de lei da APAC será encaminhado para ser sancionado pelo o poder executivo.

Nota do Blog

Ficar contra a vontade da maioria da população é algo perigoso para qualquer politico, mas poucos conseguem alcançar isto. Decisões polêmicas como o projeto de lei da APAC deveria de alguma forma ter envolvido a população.

Não houve sequer uma audiência pública para discutir o projeto, e ver os impactos negativos e positivos, tendo em vista que há outros projetos de lei que beneficia diretamente a população, mas que ainda não foram colocados em prática.

O povo está mais politizado!

Ferragens Pai e Filho