sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Eudes Miranda ganhou a simpatia e o voto até da OPOSIÇÃO.

Eudes Miranda ganhou a simpatia e o voto até da OPOSIÇÃO.

IMG_0544

Que a democracia no município de Guamaré, ainda precisa evoluir muito, isso é evidente. E uma das áreas em que mais necessita de avanços é na compreensão do papel da oposição.

Talvez por herança dos tempos de oposição irresponsável já vista na câmara de vereadores, hoje se criou um clima de que a oposição é “sempre do contra”. Não deve ser assim. Uma oposição deve ser responsável, e o bom exemplo, vem deste personagem da foto, vereador Miranda Junior, um parlamentar que é focado no que é melhor para o município, mesmo sendo oposição ferranha ao governo.

Quem esteve hoje no plenário da câmara e acompanhou todo o processo, reconheceu de público a legitimidade do voto da OPOSIÇÃO dado consciente ao vereador Eudes Miranda e Diva Araújo, para conduzir a casa do povo pelos os próximos dois anos, e tornar o legislativo forte e independente.

Fui ousado no término da sessão e perguntei ao vereador Miranda Junior (PMN), porque ele tinha votado em Eudes Miranda, que é da base do governo. Ele disse “Eudes hoje é o melhor nome para presidir a câmara. Ele conhece os problemas do município, tornando mais fácil das ações acontecerem em beneficio do povo. irei continuar fazendo uma oposição responsável, criticando o governo quando estiver errado e elogiando quando avaliar como corretas suas medidas. Não iremos, enquanto OPOSIÇÃO na Casa, fazer oposição por fazer, iremos adotar uma espécie de oposição responsável”, declarou.

Na câmara, o vereador Miranda Junior faz oposição ao governo juntamente com o vereador Gustavo Santiago. A ausência do parlamentar se deu por problemas de saúde,e por esta razão o edil não teve como participar da sessão que elegeu a mesa diretora, sua falta foi sentida e justificada pelo o presidente Francisco Damião Rodrigues.

Há quem diga que o vereador Gustavo Santiago se estivesse presente na sessão, votaria no vereador Eudes Miranda, mas poderia também surpreender e votar em branco tonando seu voto nulo na contagem, tendo em vista que não houve uma segunda chapa como opção para o vereador, embora ele fosse consciente que era minoria.

Ferragens Pai e Filho