Feira Livre de Baixa do Meio: “Quem faz uma feira funcionar são os consumidores”.

Feira Livre de Baixa do Meio: “Quem faz uma feira funcionar são os consumidores”.

DSC00908

Por Sebastião Henrique Teixeira – [email protected]

Alô amigos do Guamaré em Dia, eu sou Sebastião H. TEIXEIRA nasci aqui em baixa do meio em 1967, a feira livre deste distrito foi iniciada em 1964 debaixo de uma latada de palha até o presente dia de hoje, nunca teve o seu dia modificado sempre foi aos domingos, exceto em feriados especiais.

DSC00905Nos últimos dias eu tenho ouvido rumores acerca de uma provável mudança da feira livre do domingo para o sábado segundo o que eu tenho ouvido falar, entra em sena a câmara municipal de Guamaré.

Eu só fico na expectativa de saber se esses vereadores são dignos de ouvirem a opinião dos consumidores, pois se enganam terrivelmente quem pensa que uma feira livre é feita por feirantes, nada disto quem faz uma feira funcionar são os consumidores que a frequentam em busca de variedades de produtos e preços mais baixos, seguindo esses ideais entendemos que ao transferirem a feira para o dia de sábado esses consumidores ficarão no prejuízo, se não vejam:

DSC00904Primeiro: comerciantes de João câmara, Macau, Alto do Rodrigues e Jandaíra provavelmente não poderão vir, isto provoca desabastecimento de frutas verduras e carnes.

Segundo: no dia de sábado nem todos moradores de baixa do meio poderão ir à feira, pois muitos na parte da manhã trabalham e isto provocará prejuízos aos próprios feirantes.

Em parte eu creio que se a câmara municipal de Guamaré estiver mesma interessada a ajudar o nosso distrito, muitas coisas mais hão de importância a serem tratadas bem como: uma agência bancaria para o nosso lugar. A questão de o DNIT ter planos para uma provável duplicação da BR 406 o que afetaria nosso distrito e outros mais importantes.

Ferragens Pai e Filho