sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
banner site png-1
Francisca do Camarão perde o controle do tempo e faz desabafo de ódio em tom de despedida

Francisca do Camarão perde o controle do tempo e faz desabafo de ódio em tom de despedida

A sessão ordinária realizada na tarde desta terça-feira (29), na câmara Municipal de Vereadores de Guamaré, pegou fogo nas discussões, e no tempo regimental pediu passagem tão acalorada foi, às acusações e defesas feitas por parte dos vereadores da oposição e situação.

A vereadora Eliane Guedes, por exemplo, voltou a desfiar e questionar vereadores da base do governo, até ai tubo bem, faz parte da oposição… Mas o que chamou atenção do público presente foi o discurso de ódio e desabafo em tom de despedida, feito pela a vereadora Francisca Galdino, mas conhecida como Francisca do Camarão.

A imagem feita por nossas lentes fala por si só… Francisca do Camarão perdeu o controle até do tempo regimental, em sua fala, ela atribuiu a perda da sua cadeira no legislativo a uma pessoa que só lhe fez o bem durante todo o tempo. Na última sexta-feira, o TRE/RN cassou seu mandato de vereadora mantendo a decisão da primeira instância, a parlamentar aguarda a decisão do acórdão do TRE/RN para recorrer no TSE, pois a decisão por unanimidade ainda cabe recurso.

Os vereadores Gustavo Santiago e Lisete Negreiros usando da palavra e afirmaram em solidariedade que a vereadora Francisca do Camarão fará muita falta na casa do povo, caso ela não consiga reverter a situação no TSE. Mas torcem que tudo der certo em seu favor, afinal, ela foi eleita pelo o povo e isto dela jamais ninguém poderá tirar.

Antes de concluir seu discurso, Francisca deixou um recado duro aos seus colegas de bancadas, ela disse que “se por ventura em sua ausência algum vereador (a), falasse mal dela, ele tomaria providência quanto a este Edil, lhe aguardasse”. Queira ou não, ficou uma pulga atrás das orelhas de quem ouviu… Afinal, Francisca quis dizer o que mesmo?

De uma coisa não podemos jamais negar… Francisca foi eleita pelo o povo, e sempre foi… Como sempre será, uma mulher do povo!

Ferragens Pai e Filho