sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Galego Moto Taxi é executado a bala em Guamaré.

Galego Moto Taxi é executado a bala em Guamaré.

page

Homens não identificados num veiculo executaram um homem identificado por Erivelton Pacheco (54), mas conhecido na cidade como Galego Moto Taxi. O homicídio com características de execução aconteceu na Rua Flauto Praxedes, ou Rua dos Invasores por voltas das 20h30m de ontem (06).

O corpo da vítima foi crivado de balas, uma poça de sangue se formou no local onde Galego tombou ainda com vida, o boné que ele costumava usar ficou próximo ao sangue derramado na calçada da sua residência.

IMG_9333

A Polícia Militar sob o comando do Subtenente Luiz Carlos, chegou ao local com sua equipe minutos após o homicídio. A Guarda Municipal isolou o local por causa dos curiosos que tomaram a rua.

IMG_9329

Diligências foram feitas pela polícia nas estradas carroçais nas extremidades da comunidade de Lagoa Seca, local por onde o veiculo com os autores fugiram conforme populares informaram a polícia.

IMG_9365

As primeiras informações colhidas pela reportagem por pessoas que não quiseram se identificar na rua dos invasores, afirmaram que um carro de cor preta, tipo Gol, sem placas, chegou à Rua dos Invasores e ao identificar a casa de Galego, de logo desceram 4 homens encapuzados com armas em punho.

Galego se encontrava na calçada, os autores efetuaram vários disparos contra a vítima que caiu no chão pedindo socorro. O veículo saiu em alta velocidade do local, os homens encapuzados ainda atiraram para cima.

IMG_9340

Ainda não se sabe o que motivou o crime, tendo em vista que Galego era um homem trabalhador, tinha um pequeno comércio em sua própria residência, e trabalhava como Moto Taxi para completar o orçamento da família.

Ele foi o criador do ponto dos Mototáxis na cidade, a categoria está consternada com a perda do colega. Galego ainda chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho de Natal.

O crime será investigado pela 5ª Regional da Polícia Civil de Macau.