Macau: A perseguição ao vereador Kekel continua

Hoje foi mais um dia atípico na cidade de Macau… Vereadores aliados do prefeito Tulio Lemos quiseram processar o vereador oposicionista ao governo, Emmanuel Clélio, mas conhecido como Kekel.

Detalhe…

Uma acusação contra o representante do povo Macaueense, porque o vereador advogou contra o Estado do RN, afim de conseguir um medicamento necessário para uma cirurgia de uma pessoa carente, e contra a irregularidade de uma Presidente da Comissão de Licitação no município de Ipanguaçu, nem como porque incitou a população de Macau a não pagar um impostos  (IPTU) que estava sendo cobrado irregularmente.

Tem cabimento!?

Pois bem, nada passional, mas sabemos que o vereador Kekel na terra das salinas, é conhecido pela sua luta constante e incessante em defesa da população contra os desmandos e absurdos da atual gestão em Macau.

Ninguém mais do que ele combate, institucionalmente, com denúncias e ações, as ilegalidades e irregularidades dessa gestão. Um prefeito que não tem alma e nem coração.

E hoje em sessão extraordinária foi deliberada duas representações contra o vereador Kekel encaminhadas ao MP. Uma feita pelo pai do prefeito, Afonso Lemos, e outra pelo procurador  (advogado) do município, que está ilegal e irregularmente no cargo, pois não é servidor efetivo (concursado).

Na oportunidade, na sessão, segundo informações obtidas, sobre arquivamento das denúncias na comissão de ética. Porém, mesmo assim, tais relatórios foram postos em votação para os vereadores no plenário decidirem se seguem o arquivamento do processo ou continuaria a investigação. A votação deu 6 x 6, logo como não tiveram 7 votos seguiu o arquivamento das “denúncias”.

O que intriga é que se ocorreram 6 votos para seguir os procedimentos contra o vereador que tem sido um legitimo representante do povo. Isso quer dizer que os vereadores aliados do governo (Dantas, Oscar, Lampião, Dinarte, Ceição de Negola e Carlinhos Valadão) devem ter votado no vereador da oposição ser processado e julgado. Obviamente usando de dois pesos e duas medidas, pois nas duas votações de denúncias contra o prefeito eles votaram contra.

Ou seja… Não querem o pior prefeito que já teve em Macau processado e julgado, mas querem isso contra um dos vereadores mais atuantes que já teve em Macau em toda sua história. Pasmem!

(Visited 154 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.