sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Macau: Covardia anônima

Macau: Covardia anônima

Por Túlio Lemos

Nos últimos dias, as redes sociais foram invadidas por fakes, perfis falsos do Facebook, criados para acobertar a covardia de alguns que não têm coragem de assumir sua própria identidade.

Os fakes passaram a me agredir e agredir pessoas ligadas a mim. A baixaria tomou conta das

postagens. Calúnias, crimes, fraudes, invasão de privacidade, mentiras… de tudo havia um pouco para enlamear a honra das pessoas. Peço uma coisa: deixem meus amigos e minha família em paz. Eu sou o alvo. Eles apenas me defendem.

A democracia existe para que tenhamos liberdade de expressão. Ninguém é obrigado a pensar como nós ou concordar com nossas atitudes. O contraditório é o oxigênio da democracia.

Porém, para isso, é preciso que haja responsabilidade e coragem para expor, com argumentos, as críticas ao que julga errado ou simplesmente não concorda.

Pratiquei o jornalismo policial e o jornalismo investigativo por 20 anos. Em Rádio, Jornal, Televisão e Internet, sempre assumi minhas críticas e denúncias. Sempre assinei embaixo e mostrei a cara. Nunca me escondi na covardia do anonimato. Sempre tive coragem para assumir o que pensava. Fui processado por poderosos, como deputados e até governadores. Nunca fui condenado. Porque sempre me pautei no respeito e na responsabilidade e tudo que falei ou publiquei, estava amparado na verdade.

Hoje fico triste quando vejo que alguns querem enlamear um debate que serve a toda Macau. Alguns radicais irresponsáveis e covardes, querem jogar na lama improdutiva, a discussão em torno dos verdadeiros problemas de Macau e suas soluções. A cidade só tem a perder com isso.

Quer criticar? Critique. Defenda seu ponto de vista. Rebata seu adversário com argumentos. Mostre que seu candidato é melhor do que os demais. Mas faça isso com argumentos e não com agressões ou mentiras. Não fraude a verdade para tentar diminuir a força de seu adversário. Se assim ocorrer, você vai ficar impregnado para sempre com a marca da mentira e da falsificação da verdade. E seu adversário vai crescer ainda mais.

Não sou dono da verdade. Nem desejo isso. Apenas estou humildemente debatendo os problemas de Macau e suas soluções. Nunca desqualifiquei ninguém para que minhas ideias pudessem prosperar. Todos têm o seu valor. A população merece um debate de alto nível. Não um lamaçal de baixaria.

Não vou descer ao nível dos que querem ver Macau cada vez pior. Vou permanecer discutindo os problemas da cidade e respeitando a todos. Isso não se chama medo. É altivez. É coragem. Coragem de lutar para mudar Macau junto com as pessoas de bem da cidade. A Justiça vai prevalecer.

Nossa caminhada tem sido protegida por Deus. A porta que Deus abre ninguém fecha. E a porta que

Deus fecha ninguém abre. Ele tem aberto a porta para a mudança de Macau. Vamos combater o mal com o bem. Vamos combater a mentira com a verdade.

Que Deus abençoe a todos.