Macau: GM ocupa tribuna na Câmara Municipal e revela falta de estrutura para corporação trabalhar

Macau: GM ocupa tribuna na Câmara Municipal e revela falta de estrutura para corporação trabalhar

“Nossa situação em relação a estrutura de trabalho é lamentável. Trabalhamos em escala de 24h e não temos alimentação fornecida pela prefeitura. Todas as guardas do estado têm alimentação para seus guerreiros, menos a Guarda de Macau”, o desabafo é de um GM que procurou o Blog Guamaré em Dia para reclamar do tratamento que a corporação recebe na atual gestão.

Essa e outras questões relacionadas a falta de condições de trabalho da Guarda Municipal de Macau pautaram o discurso do GM Josenildo na tribuna popular da Câmara Municipal de Macau na noite desta segunda-feira (21).

“Fazem sete anos que não recebemos coturnos. O prefeito entregou um fardamento incompleto, depois prometeu, mas não nos entregou os coturnos. Não temos: colete balístico, armas de choque (menos letal), só temos uma viatura para atender nossas demandas”, continuou o GM que conversou com o blog.

O blog deixa o espaço aberto para os assessores do prefeito e o próprio prefeito, caso desejem rebater as informações recebidas de funcionários da prefeitura. As reclamações que chegaram a este portal não são diferentes do tom do discurso do GM Josenildo na presença de vereadores governistas e da oposição na Câmara Municipal.

O GM Josenildo aproveitou o espaço para cobrar dos vereadores uma lei que garanta a alimentação para os guardas municipais. “Todos os órgãos municipais que prestam serviço 24 horas, os servidores tem suas refeições garantidas, menos nós”, concluiu.

Facebook
Twitter
YouTube
WhatsApp