Natal já teve 490 assaltos a ônibus somente nos sete primeiros meses deste ano.

Natal já teve 490 assaltos a ônibus somente nos sete primeiros meses deste ano.

Motoristas e cobradores de ônibus  precisam trabalhar sob o medo de  sofrerem um assalto a qualquer momento. Crimes já fazem parte da rotina na cidade. Foto: Wellington Rocha

Assaltos a ônibus em Natal já se tornou uma situação rotineira. Todos os dias se têm noticias de um transporte coletivo que foi alvo de alguma ação criminosa na capital potiguar. Essas situações são tão comuns, que basta observar os números para ter uma ideia do quanto se tornou perigoso andar de ônibus em Natal.

De acordo com dados apresentados pelo Sindicato dos Rodoviários do Rio Grande do Norte (Sintro-RN), de 1º de janeiro até 31 de julho, 490 assaltos foram registrados na capital do Estado, uma média que ultrapassa os 2 por dia. “Sinceramente eu não me lembro quando foi o último dia que não tivemos um assalto a ônibus em Natal. Infelizmente estamos vivendo em uma sociedade na qual o Governo não se importa com a segurança da população”, frisou Nastagnan Batista, presidente do Sintro-RN. JH