O Brasil, a pandemia e o carnaval; Quem levanta a voz em favor da vida?

O Brasil, a pandemia e o carnaval; Quem levanta a voz em favor da vida?

Onde estão as autoridades brasileiras que durante a CPI do Covid-19 cobravam severidade nas medidas adotadas para combater o avanço da pandemia no Brasil, atribuindo inclusive responsabilidades pelo elevado número de mortes no país, e que agora se calam diante da iminente realização do carnaval, evento que concentra pessoas de todas as partes do Brasil e do mundo?

Os mandatários no Congresso Nacional só atuam após os prejuízos causados pela pandemia? As preocupações com o povo brasileiro são apenas narrativas ou pautas vencidas de uma minoria abafada na Câmara Federal e no Senado da República?

Justamente neste momento em que o mundo começa a entrar na quarta onda da pandemia da Covid-19, conforme avaliação da diretora-geral adjunta de acesso a medicamentos e produtos farmacêuticos da Organização Mundial da Saúde (OMS), a brasileira Mariângela Simão, o país se prepara para realizar a maior concentração mundial de massa humana, totalmente desprotegida contra o Covid-19.

O que fazer? O que diz o STF, que interferiu monocraticamente e em colegiado em questões sobre condutas na pandemia? A pandemia foi declarada vencida?

Qual é o posicionamento da Organização Mundial da Saúde? Quais são as comprovações científicas sobre a relutância da Pandemia do Covid-19 em todo o mundo?

O Brasil vai ser cenário para o início de um verdadeiro genocídio? Quem está vacinado e tem comorbidades não entra no grupo de riscos? São muitas as interrogações. Blog Daltro Emerenciano.

JM Variedades