sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
O melhor jogador terá que usar a peça certa se quiser ganhar o jogo nas eleições de 2016.

O melhor jogador terá que usar a peça certa se quiser ganhar o jogo nas eleições de 2016.

DSC045092

Opinião – São usuais entre nós as referências ao ‘Tabuleiro Político’, expressão cunhada para designar o local onde ocorrem as operações e estratégias dos grandes líderes políticos em face das eleições ou na construção das alianças partidárias, a qualquer tempo para o pleito de 2016, até para fazer coalizões de governo no pós-eleição.

As estratégicas para o duelo do próximo ano já começou a tempo nos bastidores, é como se fosse um jogo de xadrez onde cada peça tem sua função especifica e se move levando em consideração certos interesses, em nome de uma orientação tática. Tabuleiro, no caso, é a mesa, a base ou território por onde se desenvolve o jogo, cada jogador seja para o executivo ou mesmo para o legislativo, tem usado seu plano secreto na busca da sobrevivência.

Na cidade, as principais peças do tabuleiro político para o executivo são conhecidas, o atual prefeito Hélio Willamy, e o ex-prefeito Mozaniel de Melo, eles têm denominação própria e se movimentam em direção aparentemente clara, mas os planos secretos de cada um são os mistérios deste jogo. Afinal, assim como no xadrez verdadeiro, para que algumas peças ganhem no tabuleiro outras terão de perder. Faz parte. É a regra.

O ex-prefeito prefeito Mozaniel de Melo é um pré-candidato a prefeito que é um jogador arguto. Toda vida em que ele entra no jogo tradicional, o jogo não é mais o mesmo. Recomenda a arte mínima da guerra que toda vez que um oficial novo chega ao generalato, os estrategistas terão de estudá-lo antes de montar as operações bélicas, especialmente se ele revelar-se desafiador e belicoso antes mesmo do confronto.

Já o atual prefeito Hélio Willamy, ele não olha muito o tamanho e a importância das peças postas no jogo. Olha o tabuleiro. Tem tática secreta para os padrões estabelecidos. Ele mira o território, avalia aonde quer chegar e, em vez de enfrentar logo as peças adversas, balança o tabuleiro, chacoalha tudo e abre seu próprio caminho com a certeza que dará certo.

Os dois pré-candidatos a prefeito, Hélio e Mozaniel, precisam ter a consciência que seu corpo não é o único que pode segurar os outros como muitos fazem no período eleitoral, mas com uma boa estratégia de jogo, ele pode ser um imã para fazer do melhor jogador um campeão nas eleições do próximo ano tanto para o executivo como para o legislativo.

Faltando pouco mais de um ano para as eleições, hoje no município de Guamaré, o prefeito Hélio e o ex-prefeito Mozaniel podem até serem adversários politicos, mas inimigos jamais. Mozaniel e Hélio se cumprimentam nos eventos do município, demonstrando um claro exemplo de respeito um para com o outro, e isto tem chamado atenção da população.

Este momento do atual governo não tem sido para instigar a desunião, o divisionismo, e sim de somar, fazer valer e colocar em prática o discurso do desenvolvimento, do crescimento sustentável, da melhoria de vida da população.

O prefeito Hélio vive um momento de lua de mel com o povo neste terceiro ano de governo, mas terá que enfrentar no próximo, um tabuleiro politico extremamente difícil, onde o melhor jogador terá que usar a peça certa se quiser ganhar o jogo.

JM Variedades