O resultado das urnas para vereador em Guamaré nos deixa uma rica lição

O resultado das urnas para vereador em Guamaré nos deixa uma rica lição

Fazer uma análise do resultado das urnas para a proporcional no ultimo pleito na cidade de Guamaré não é tarefa fácil.

Mesmo com a mudança radical nas cadeiras feita pelo o povo enalteceu a democracia.

Este é um bom momento para refletir a respeito desta eleição que elegeu seis novos vereadores para o mandato de 2021/2024.

Assim como o novo prefeito eleito pelo o povo, Hélio de Mundinho (MDB), que aguarda decisão do TSE de seu direito.

Os novos vereadores são: Tiago de Berg (SD), Daniel do Sub (SD), Leandro Felix (MDB), Dedezinho (MDB), Manú de Nascimento (MDB), e Diego de Lisete (MDB). Este é filho da atual vereadora Lisete Negreiros.

Os vereadores reeleitos foram: Eudes Miranda (MDB), Gustavo Santiago (SD), Carlos Câmara (MDB), Eliane Guedes (MDB), e Edinor Albuquerque (MDB).

As eleições deste ano foram uma surpresa para alguns candidatos que disputava a eleição ou reeleição, estes eram considerados como forte, fortíssimo.

Os que buscavam a reeleição não conseguiram se reeleger, como por exemplo, o vereador Miranda Junior (MDB).

A candidata a prefeita e atual vereadora, Diva Araújo (PSDB), não conseguiu se eleger a prefeita, ficou em terceiro lugar, e também não conseguiu eleger para vereador seu esposo, o ex-vereador Silvio Araújo.

Isso se deu a um conjunto de fatores que teve como soberano um único ponto: a vontade do povo.

A eleição deste ano para vereador em Guamaré foi uma nova “festa da democracia”. Marca o início de um novo período na história política da cidade, e permitiu a assiduidade da geração mais jovem da sociedade no pleito.

Com certeza, os próximos sufrágios devem carregar um peso muito maior para o governante, de realmente mostrar serviço enquanto estiver no mandato.

O recado nas urnas foi dado pelo o povo em 2020, resta saber se as figuras políticas entenderam que ele continuará a ecoar.

(Visited 214 times, 1 visits today)