sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
banner site png-1
Operação “Arca de Noé II” termina com três prisões e animais roubados são recuperados pela policia militar.

Operação “Arca de Noé II” termina com três prisões e animais roubados são recuperados pela policia militar.

IMG-20160416-WA0059

Sob o comando do Subtenente Luiz Carlos de Souza, com o apoio de vários policiais do destacamento, e da guarda municipal da base integrada de Baixa do Meio, a policia militar deflagrou a operação denominada como “Arca de Noé II”, na comunidade de Baixa do Meio, especificamente nas extremidades de Pedro Avelino, em combate a roubo de animais em fazendas da região.

Há alguns meses que a policia já vem numa linha de investigação sobre os constantes furtos de animais nas fazendas, e por causa das denúncias feitas por proprietários e moradores, a policia intensificou  o patrulhamento na zona rural na tentativa de tirar de circulação estes criminosos.

Uma quadrilha já tinha sido presa na BR 406 pela Policia Rodoviária Federal, após ter recebido a informação de agentes da policia de Guamaré, que uma carga de animais tinha sido subtraída de uma fazenda próxima à comunidade, e os bandidos saíram em sentido a rodoviária com destino a Natal. A ultima quadrilha foi presa em novembro de 2015 numa grande operação da policia militar de Guamaré.

Hoje (16), por volta das 2 horas da madrugada, após a polícia militar ter recebido a informação que outra quadrilha estava agindo na região, os animais foram roubados da fazenda de Chico Penha, os meliantes colocaram num carro que ficava próximo a fazenda, razão da operação ter sido denominada como “Arca de Noé II”, pois se trata da continuação das investigações que resultou na prisão dos mesmos.

Quando os acusados saíram da fazenda com destino a BR 406, já próximo ao trevo de Galinhos, de logo foram surpreendidos com a chegada da policia, sem alternativa de fuga, eles acabaram se entregando e confessando o crime. Eles foram identificados por Hugo Jakson Marques da Fonseca (34 anos), João Parlo de Morais Cardoso (22 anos), e Luiz Antônio Oliveira da Silva (28 anos).

A polícia militar conseguiu recuperar os animais, prender os acusados e o veículo usado na ação criminosa. Todos serão encaminhados a 5ª Regional da Polícia Civil de Macau, para serem ouvidos pelo o delegado, e focarão a disposição da justiça.

Com informações da Polícia Militar.

IMG-20160416-WA0023

Ferragens Pai e Filho