sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Operação do Ministério Público investiga fraude em obras públicas em pendências.

Operação do Ministério Público investiga fraude em obras públicas em pendências.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deu cumprimento a mandados de busca e apreensão em cidades do interior, na região do Vale do Açu, e na região Metropolitana de Natal. A operação denominada como “Sanctus” teve início na manhã desta terça-feira (07) e contou com apoio da Polícia Militar.

A informação inicial do MP é que a operação tem o intuito de desarticular associação de pessoas, agentes públicos e empresários, que fraudaram licitações na construção civil.

A Promotoria de Justiça de Pendências está conduzindo os trabalhos com apoio da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), Grupo de Atuação Especial ao Crime Organizado (GAECO) e Grupo de Atuação Regional de Defesa do Patrimônio Público (GARPP).

Ao todo, a iniciativa cumpre oito mandados de busca e apreensão e conta com nove promotores e 24 policiais militares, com atividade voltada principalmente no município de Pendências.

Houve atuação também em Assu e Parnamirim. A informação é do MPRN. Na região segundo informação do blog Rabiscos do Samuel Júnior, foram alvos da operação do MP, o empresário assuense Karielson Soares de Medeiros – filho do ex-prefeito José Maria, além do prefeito de Pendências Ivan de Souza Padilha, Glênio Fernandes de Medeiros engenheiro civil e [filho do vereador de Assu Xavier de Medeiros], Iara Padilha de Souza Sobrinha – esposa de Glênio de Medeiros – Construtora K.M limitada e GM Construções e Serviços limitada. Ainda segundo a mesma fonte, no mandado assinado pelo juiz em exercício na comarca de Pendências, Marco Antônio Mendes Ribeiro, tem que “deverá ainda ocorrer a busca e apreensão das pessoas de Karielson Soares de Medeiros, Glênio Fernandes de Medeiros e Iara Padilha de Souza Sobrinha”.