Operação Mestre dos Magos: Prende Mago com motos roubadas na ilha de Galinhos

Uma operação batizada como “Mestre dos Magos”, sob o comando do Cabo Wellington Roberto, com o apoio de vários policiais do destacamento, a Policia Militar de Galinhos, prendeu na manhã desta sexta (15), um homem identificado por Richelly Kevsson Justino da Silva (18 anos), “Alcunha Mago”,  com motos roubadas, após o recebimento de uma denúncia anônima.

Outros acusados foram presos na operação, mas a policia não quis divulgar os nomes para não atrapalhar as investigações. Kevsson Justino é considerado pela policia a cabeça do grupo criminoso que era instalado na ilha. Mago é acusado de receptação e associação criminosa.

Segundo a PM, a denúncia dava-se de conta que um homem identificado por Kevsson Justino (Mago), comercializado motos roubadas na cidade trazidas da capital do estado (Natal), para Galinhos. Estes veículos eram negociados livremente na cidade por receptadores.

Para ter êxito na operação a policia ficou em campana quase cinco horas, observando toda movimentação do acusado e aguardando o momento certo de agir. Ao receber o sinal de positivo de seu comandante, os agentes caíram em campo, Kevsson tentou fugiu num veiculo alternativo, a policia de logo o alcançou na cidade de Jandaíra, e sem alternativas acabou se entregando e confessando o crime.

Logo após a prisão de Mago foram acontecendo durante todo o dia simultaneamente novas prisões. A área policial da ilha ficou muito movimentada durante todo dia, a PM localizou parte das motos roubadas e os demais suspeitos envolvidos, e a todos foram dada voz de prisão pelos crimes cometidos.

O Cabo Wellington Roberto, responsável pela operação, disse que as denuncias eram muitas na delegacia que Mago estava trazendo motos roubadas de Natal e vendendo em Galinhos. Falou ainda que o trabalho realizado pelos policiais foi um sucesso, pois foi feito com planejamento e segurança.

Ele classificou como excelente o resultado e afirmou que os acusados com as motos roubadas aprendidas foram encaminhado a 5ª Regional da Polícia Civil de Macau para ser ouvido pelo competente delegado Dr. Thiago, e ficará a disposição da justiça.

Com informação da Policia Militar

(Visited 742 times, 2 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.