Operação Moto Taxi: Douglas e Leandro caem nas garras da patrulha

Uma operação batizada como “Moto Taxi”, sob o comando do Sargento Jhonny Cruff, com o apoio de vários policiais do destacamento e, a Polícia Militar de Guamaré, prendeu com êxito, dois homens identificados por Douglas Magaldes Lopes (30 anos),  e Leandro Bezerra de Lima (28 anos),  com drogas, tipo maconha, crack e cocaína, dinheiro fracionado e uma moto, após uma abordagem as margens da RN 221, próximo à sede da Guarda Municipal na entrada da cidade.

Segundo a PM, por volta das 18 horas desta sexta-feira, dia 11, a guarnição realizava o patrulhamento ostensivo, quando os agentes se depararam com uma moto de cor amarela estacionada na RN, próximo à curva de Paulo Bento com dois homens conversando sob suspeita, quando os PMs resolveram fazer a abordagem e perceberam que eles jogaram objetos no mangue.

Questionados pela PM a razão dos dois estarem ali no escuro, eles afirmaram que a moto tinha quebrado e estava consertando, mas de logo a autoridade policial constatou que não era verdade a afirmação. Os agentes revolveram fazer uma busca minuciosa no local, e foi encontrado embalado em sacos plásticos pedaços de maconha, crack, e cocaína, perguntado a origem da droga, eles afirmaram que não eram deles.

Segundo o Sargento Jhonny Cruff, há varias denuncias na delegacia que Douglas, mas conhecido por Douglas Moto Taxi, traficava na cidade e usava a profissão como desface prejudicando até a categoria que tem pessoas de bem e trabalhador. Disse ainda que após as denuncias de tráficos se abriu uma linha de investigação, e foi constatado que Douglas é dono de vários bens sob suspeitas, tendo em vista que sua função de moto taxi não condiz com a realidade dos rendimentos em fazer corrida de moto taxi.

Por um momento os dois acusados ficaram nervosos com os questionamentos e tentaram fugir para o matagal, mas sem alternativas acabou se entregando. O Sargento Jhonny Cruff, responsável pela operação, disse que as denuncias eram muitas na delegacia que Douglas estava traficando com força na orla do rio Miassaba, e no ponto de Moto Taxi, próximo à rodoviária, como em sua própria residência, Leandro aparece na operação como um gerente do tráfico. Falou ainda que o trabalho realizado pelos policiais foi um sucesso, pois foi feito com planejamento e segurança.

Ele classificou como excelente o resultado e afirmou que o material apreendido abrirá várias frentes para serem investigados, e garantiu que mais pessoas ligadas a Douglas serão presos. Os acusados com o material aprendido foi encaminhado a 5ª Regional da Polícia Civil de Macau para ser ouvido pelo competente delegado Dr. Sandro Regis, e ficará a disposição da justiça.

Com informações da Policia Militar

(Visited 349 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.