Orla Inclusiva: banho de mar e atividades para pessoas com deficiência em Guamaré

Para quase 40 pessoas com deficiência, a sensação de sentir na pele a água da Praia de Aratuá com o auxílio de uma cadeira anfíbia, do programa Orla Inclusiva, organizada pela Prefeitura de Guamaré, tornou este último domingo bem mais prazeroso.

“A praia é o espaço mais democrático e que inclui, de fato, com esse programa, todas as pessoas, inclusive aquelas que nem conseguiriam entrar no mar”, afirmou o prefeito Adriano Diógenes, satisfeito com a aprovação popular do projeto.

“O contato com o rio é liberdade para eles. Todos aqui estão se sentindo livres nessa experiência tão boa”, destacou Marliene Farias, membro da Rede de Atenção e Cuidados à Pessoa com Deficiência, que esteve em Guamaré acompanhando um grupo de pessoas com deficiência e paratletas.

“É um dia diferente, um momento de confraternização e de celebração da cidadania. Isso só é possível porque por trás existe uma gestão comprometida com a causa da pessoa com deficiência”, explicou Michele Bacurau, Terapeuta Ocupacional e conselheira do Conselho Estadual de Saúde.

As atividades acompanhadas por fisioterapeutas e educadores físicos também foram acompanhadas de perto pelo prefeito Adriano Diógenes, que interagiu com os deficientes participando de atividades recreativas.

Esta foi a segunda edição do Orla Inclusiva. O projeto tem apoio das Secretarias Municipais de Esporte, Turismo e Saúde, esta última fica responsável pelo contato direto com o público assistido pelo Centro Especializado em Reabilitação-CER e disponibiliza profissionais da área para acompanhar os pacientes, além do transporte que é feito através de um veículo adaptado.

(Visited 43 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.