sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Os dias são ruins para despesca do camarão, e para sobreviver Francisca se socorre de LULA.

Os dias são ruins para despesca do camarão, e para sobreviver Francisca se socorre de LULA.

Os dias são difíceis para a vereadora Francisca do Camarão que busca em LULA ajuda para sobrevivência na vida pública.

Os dias não estão de despesca para a vereadora Francisca Galdino (PMDB), mas conhecida por Francisca do Camarão. Na ultima terça-feira (21), após a sessão ordinária, o assunto que mais se comentou nos bastidores da câmara, foi o processo que tramita na Justiça Eleitoral – na 30ª Zona Eleitoral em desfavor da vereadora, processo este que já se encontra em fase de conclusão.

Pesa sobre Francisca Galdino acusação de captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha, corrupção ou fraude, pedido de cassação de diploma, referente à campanha eleitoral de 2016.  Desde que iniciou essa agonia na vida politica da vereadora, ela tem se socorrido de seu maior aliado, e presidente da Câmara Municipal, Emilson de Borba Cunha (LULA).

Seja no gabinete da presidência, Francisca Galdino é a vereadora que mais bate na porta para ele recebê-la, e aqui pra gente… Toma um tempo danado. No plenário em plena sessão ordinária, a pressão em busca de ajuda não está sendo diferente. Francisca é a primeira a chegar e a ultima a sair, sempre ao lado do presidente.

Nossas lentes registrou por varias vezes o cochichado baixinho ao pé do ouvido do presidente LULA, talvez seja de fato pedindo ajuda, porque para ela os dias são ruins para despesca, e nessas horas o caminho é se socorrer dos amigos e aliados para tentar salvar o camarão.

Há informação que as provas contidas no processo pela acusação são pesadas, pesadíssima. Caso a vereadora seja condenada, haverá mudanças de imediato no cenário politico da Câmara Municipal de Guamaré, tendo em vista que o diploma do suplente de vereador Wildemberg Willian de Macedo Bezerra, conhecido na cidade como Berg da Farmácia, foi cassado pela Justiça Eleitoral.  Berg recorreu da sentença e aguarda nova decisão da Justiça.

GMR Telecom