Morre o mito Diego Maradona, maior ídolo do futebol Argentino

Morre o mito Diego Maradona, maior ídolo do futebol Argentino

A Argentina parou. Morreu nesta quarta-feira (25) um dos maiores ídolos da história do país, Diego Armando Maradona, aos 60 anos.

O advogado Matías Morla confirmou a perda do amigo e cliente. De acordo com jornal argentino Clarín, o ex-jogador teria sofrido uma parada cardiorrespiratória em casa e não resistiu.

No começo deste mês, o eterno camisa 10 argentino passou por uma cirurgia para retirada de um coagulo no celebro, e ficou internado por dez dias. Durante o período de internação, ele teve crises de abstinência devido ao vício em medicamentos e bebida.

Grande craque do futebol ficou famoso por sua genialidade dentro de campo e sua personalidade expansiva e controvertida fora dele.

Diplomação de eleitos em Macau, Guamaré e Galinhos com novidades

Diplomação de eleitos em Macau, Guamaré e Galinhos com novidades

Em contato com o Cartório Eleitoral da 30ª Eleitoral, a redação do Blog apurou que a diplomação dos eleitos para os cargos no Poder Executivo e Legislativo nos municípios de Macau, Guamaré e Galinhos poderá acontecer no formato virtual (remoto) ou em momentos separados por município.

A diplomação deverá acontecer até o dia 18 de dezembro e a posse dos eleitos no dia 1º de janeiro de 2021.  Blog Celso Amâncio.

Dia de festa para o empresário Ítalo Câmara

Dia de festa para o empresário Ítalo Câmara

Ainda a tempo, a quarta-feira chega com sabor de festa para o empresário Ítalo Câmara, da loja Ferragens Pai e Filhos, e futuro papai de Bernardo, fruto do amor com a arquiteta Natália.

O filho mais velho de Erinaldo e Claudia amanhece com nova idade, recebendo homenagens nas primeiras horas do dia de um montão de amigos conquistado ao longo dos anos.

“É muito bom saber, que os anos vão, a idade chega, e você sempre continua o mesmo, sempre com o mesmo sorriso, sempre com a mesma alegria de trabalhar e viver em paz com saúde e disposição, razão do amor e meu orgulho como pai”. Erinaldo

Parabéns hoje, felicidades sempre!

“A partida só acaba quando o Juiz der o ultimo apito”. Esdras Fragoso

“A partida só acaba quando o Juiz der o ultimo apito”. Esdras Fragoso

O TRE/RN realizou na tarde desta terça-feira (24), a sessão de julgamento através de vídeo conferência, que envolve a situação de registro de candidatura de Hélio de Mundinho (MDB), prefeito eleito de Guamaré, que se encontra sobre judice.

A sessão iniciou às 14 horas com o voto contrário de dois magistrados, os Juízes de direito Geraldo Mota,  e Ricardo Tinoco. Estes  já proferiram seu voto contra o pedido da coligação “Esperança Renovada”.

No terceiro voto, a Juíza Adriana Magalhães, pediu vistas, adiando o julgamento e somente após a vista da magistrada, os juízes Claudio Santos (Vice-Presidente e Corregedor), Daniel Maia e Carlos Wagner (Juiz Federal),  irão manifestar seu voto sobre o caso de registro de candidatura do prefeito eleito pela maioria do povo de Guamaré.

Em miúdos… O jogo não acabou!

O novo julgamento ainda não tem data marcada. Quem assistiu à sessão e ouviu os argumentos da defesa e acusação, bem sabe que não existe a configuração do artº 14 e parágrafo 5º diante do exposto nos autos, razão da coligação “Esperança Renovada” pedir provimento do recurso.

Hélio de Mundinho foi eleito PREFEITO pela maioria dos eleitores de Guamaré na eleição do ultimo dia 15 de novembro de 2020. 

Governo publica nesta quarta-feira edital para concurso da Polícia Civil com 300 vagas

Governo publica nesta quarta-feira edital para concurso da Polícia Civil com 300 vagas

A governadora Fátima Bezerra anunciou nesta terça-feira, 24, que o edital do concurso público da Polícia Civil do Rio Grande do Norte será publicado na edição desta quarta-feira, 25, do Diário Oficial do Estado (DOE).

O anúncio foi feito em live pela conta oficial da gestora em uma na rede social. Segundo a governadora, serão 301 vagas entre agentes, escrivães e delegados. Destas, 230 são para agentes, 47 para o cargo de delegado e 24 para escrivão.

Governo do Estado define retorno das aulas presenciais para 1º de fevereiro de 2021

Governo do Estado define retorno das aulas presenciais para 1º de fevereiro de 2021

A governadora Fátima Bezerra assinou, nesta segunda-feira (23), ao lado do vice-governador Antenor Roberto, o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público e Defensoria Pública do Estado que prevê o retorno das aulas para dia 1º de fevereiro de 2021 e disciplina as medidas relativas à Covid-19, que serão tomadas pela rede estadual de ensino.

“Ressalto nossa satisfação com este momento, em anunciar a data de retorno das aulas presenciais da rede pública de ensino no Rio Grande do Norte e a parceria exitosa com os poderes e instituições para que o TAC ocorresse. Essa assinatura só acontece porque os poderes reconhecem os desafios e esforços que o Governo do Estado está realizando para que a retomada ocorra”, informou a chefe do Executivo estadual.

Ela destacou ainda as adaptações necessárias durante a pandemia para que seja garantido um dos direitos mais fundamentais da população, a educação. “É difícil ver nossos alunos sem as aulas presenciais. Contudo, enfrentamos uma pandemia que assola o mundo. A educação não parou, tivemos que nos reinventar com plataformas digitais e aulas pela TV aberta. Estamos trabalhando para que nossos alunos, professores e servidores da educação possam ter um retorno seguro, tranquilo e responsável. É nosso dever e obrigação garantir os cuidados de higiene e pedagógicos para o retorno das aulas. Estamos assumindo um compromisso com a sociedade. Somos imbuídos do espírito público e prezamos pela vida de todos”, disse a governadora.

Read More Read More

Operação Enterprise: Narcotraficantes são alvo de maior ação do ano da Polícia Federal

Operação Enterprise: Narcotraficantes são alvo de maior ação do ano da Polícia Federal

Da Agência Brasil

A Polícia Federal e a Receita Federal deflagraram nesta segunda-feira (23) a Operação Enterprise. Somente hoje, cerca de 670 Policiais Federais e mais 30 servidores da Receita Federal cumprem 149 mandados de busca e 66 mandados de prisão nos estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Bahia e Pernambuco. As medidas foram expedidas pela 14ª Vara Federal de Curitiba.

A Interpol também foi acionada para a prisão de oito investigados que estão no exterior, bem como a identificação e sequestro de bens em outros países. “É a maior operação do ano no combate à lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e uma das maiores da história na apreensão de cocaína nos portos brasileiros, uma vez se tratar de uma organização criminosa especializada no envio de cocaína para a Europa”, explicou a assessoria da PF.

Apreensões

Na megaoperação de hoje foram apreendidos imóveis, aeronaves e veículos de luxo. A expectativa de que novos bens sejam identificados após o cumprimento de todos os mandados de busca e apreensão. Além da prisão de bens que podem chegar a R$ 400 milhões, a Operação Enterprise também é a maior da história em apreensão de cocaína. Durante a investigação foram anteriormente apreendidas 50 toneladas da droga nos portos do Brasil, da Europa e da África. O esquema utilizado pelos criminosos consistia na lavagem de bens e ativos multimilionários no Brasil e no exterior com uso de várias interpostas pessoas (“laranjas”) e empresas fictícias, a fim de dar aparência lícita ao lucro do tráfico.

Enterprise

O nome da operação, segundo a PF, faz alusão à dimensão da organização criminosa investigada, que atua como um grande empreendimento internacional na lavagem de dinheiro e exportação de cocaína, o que trouxe alto grau de complexidade à investigação policial.

Operação Combustão: Justiça aceita denuncia do MPRN e sete pessoas viram réus por desvio de R$ 1,9 milhão

Operação Combustão: Justiça aceita denuncia do MPRN e sete pessoas viram réus por desvio de R$ 1,9 milhão

Notícias do MRPN

A Justiça potiguar recebeu a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) contra sete pessoas pelos crimes de peculato, associação criminosa e falsidade ideológica, investigadas na operação Combustão, deflagrada em 2018.

O grupo é suspeito de desviar recursos públicos do Município de Angicos, através de abastecimento de veículos particulares pago pelo Poder Público Municipal. Estima-se que o prejuízo aos cofres da cidade tenha sido da ordem de R$ 1,932 milhão no período de três anos.

O grupo, envolvendo agentes públicos municipais e funcionários de um posto de combustíveis, falsificou notas fiscais para justificar gasto do Município de Angicos e chegou a extraviar documentos públicos, numa clara associação para o fim específico de cometer crimes contra a administração pública e a fé pública. A falsidade ideológica se dava a partir da omissão de informações que deveriam constar na nota fiscal e nos processos de pagamento, em especial a indicação das placas dos veículos abastecidos e sua quilometragem.

A denúncia do MPRN foi acatada pela Justiça, que tornou réus o ex-secretário Municipal de Transporte e Obras Públicas, Francisco Ivan de França Dias, a ex-secretária Municipal de Saúde, Nataly da Cunha Felipe de Souza e o então fiscal administrativo de contrato, Francisco Alex Sandro da Silva, e mais quatro outros colaboradores no esquema, que trabalhavam no posto utilizado para o desvio dos combustíveis.

Consumo surreal de combustível

Em 2018, a Promotoria de Justiça de Angicos instaurou um inquérito civil para apurar denúncia a respeito da falta de controle no fornecimento de combustíveis, pagos pela Prefeitura de Angicos, no Posto Angicos, de propriedade da JM Empreendimentos. A empresa foi contratada através do pregão presencial para fornecer combustível para a frota de veículos da Prefeitura, entre março de 2017 e setembro de 2018.

O MPRN constatou que o combustível adquirido pelo Município era indiscriminadamente distribuído entre cidadãos, a partir da autorização informal de agentes públicos da Prefeitura. Os documentos apresentados pela Prefeitura apresentavam inconsistências (como ausência de indicação do veículo abastecido, denominações genéricas como “veículos pesados” e uso de gasolina comum, que não serve para esses tipos de veículos). Essa prática viola normas que regem os processos de despesa pública.

Mais da metade das notas fiscais não indicava a discriminação das placas, o que corresponde a 50,96% dos abastecimentos realizados através do Fundo de Assistência de Angicos, 99,51% dos realizados através do Fundo Municipal de Saúde e 89,28% dos realizados pela conta da Prefeitura de Angicos.

Realizada perícia contábil nos processos de pagamentos, evidenciou-se ainda um gasto surreal do Município de Angicos com combustível, sem justificativa de uso ante a frota municipal e o objetivo dos veículos. Na deflagração da fase I da Operação Combustão, em outubro de 2018, não foram encontrados nos arquivos do posto de gasolina nenhum documento sobre o controle de combustível da frota de veículos da Prefeitura de Angicos.

Na Combustão II, deflagrada em setembro de 2020 (dois anos após o encerramento do contrato com o Posto Angicos), por sua vez, foram apreendidas notas de abastecimento na residência do denunciado Francisco Ivan e cupons fiscais de abastecimento de combustível na residência da denunciada Nataly Felipe. Para o MPRN, ficou claro que, por anos, os dois ex-secretários extraviaram documentos essenciais para a fiscalização dos gastos de verbas públicas com combustíveis.

As pessoas indicadas pelos agentes públicos, independentemente de qualquer justificativa, abasteciam no Posto Angicos às custas do Município, sem anotação de placa ou qualquer outro registro específico. Em várias oportunidades, “comandas” escritas à mão bastavam para a autorização do abastecimento. Em outras, apenas uma ligação telefônica ou uma mensagem serviam como autorização.

Ademais, mensagens trocadas por aplicativos de smartphone e fotografia juntada na Denúncia revelam que parte do combustível era revertida em dinheiro vivo, entregue aos agentes públicos para uso indevido.

O caso agora será processado pela Justiça como Ação Penal, conduzida pela Vara Única da Comarca de Angicos. Fonte; MPRN

Execução à bala deixa dois mortos na zona rural da cidade de Jandaíra

Execução à bala deixa dois mortos na zona rural da cidade de Jandaíra

Segundo o Blog Eurípedes Dias, a ocorrência aconteceu por volta das 03:00hs da madrugada deste domingo (22).

Uma casa foi invadida por homens não identificados que efetuaram vários disparo de arma de fogo deixando duas vitimas fatais.

O duplo homicídio ocorreu na rua nova na comunidade de Aroeira, zona rural da cidade de Jandaíra.

Segundo as primeiras informações, as vitimas são do município de João Câmara, mas ainda não se sabe o que motivo o crime. Um corpo está na porta da frente, e o outro no quarto da casa.

Os homens mortos foram identificados por Fabiano e Danilo, os corpos estão no local aguardando a chegada do ITEP.

Segundo informações um corpo está na porta da frente e o outro está no quarto da casa.

A Polícia Militar compareceu o local para realizar os procedimentos de praxe. Os agentes fizeram diligências na área em busca de prender os criminosos sem êxito. O caso será investigado pela 5ª Regional da Policial Civil de Macau.

Presidente da CNM se reúne com os novos prefeitos na próxima semana

Presidente da CNM se reúne com os novos prefeitos na próxima semana

Passadas as comemorações da vitória nas eleições municipais, os gestores eleitos e reeleitos começam a pensar no planejamento do mandato para melhor atender às demandas de seus cidadãos.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM), principal entidade municipalista do país, será uma importante parceira no cumprimento dos desafios da gestão local.

Para dar inicio à atuação conjunta dessa caminhada, o presidente da entidade, Glademir Aroldi, convida os novos representantes do executivo municipal a participarem do 1º Encontro de Prefeitos Eleitos entre os dias 23 e 30 de novembro.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui.

 

Formatura de 1.022 novos soldados fortalece a Polícia Militar do Rio Grande do Norte

Formatura de 1.022 novos soldados fortalece a Polícia Militar do Rio Grande do Norte

Esta sexta-feira (20) foi um dia histórico para a segurança pública do Rio Grande do Norte. O Centro de Convenções recebeu os novos 1022 soldados da Polícia Militar para a solenidade de formatura, que encerrou oficialmente o curso de formação da turma, que é a primeira em mais de dez anos. São 957 homens e 65 mulheres que agora passam a reforçar o trabalho em defesa da sociedade potiguar.

Pela excepcionalidade da pandemia, a formatura não contou com a presença de familiares, que acompanharam os seus parentes/soldados pela transmissão ao vivo. Mas nem por isso a solenidade passou sem alegria e emoção. A governadora Fátima Bezerra traduziu o espírito do momento. “Hoje é um dia especial para vocês, que oficialmente se integram às forças de segurança de nosso Estado nessa solenidade. Mas é especial sobretudo para a população do Rio Grande do Norte, que a partir de agora contará com mais agentes de segurança nas ruas”, afirmou a chefe do Executivo.

Na solenidade, acompanhada do coronel Alarico Azevedo, comandante geral da PM-RN, a governadora entregou a Medalha Tiradentes ao soldado PM José Murilo, aluno nº1 da “Turma Guardião da Sociedade”. Esta foi a primeira vez que uma turma de soldados recebeu essa medalha.

O comandante geral endereçou seu discurso à missão que os novos terão daqui para frente. “Quero dizer que me sinto muito honrado de recebê-los como Comandante Geral para que possamos a partir de agora trabalharmos e trazer mais tranquilidade para a sociedade. O que foi aprendido nos bancos escolares agora será doado à sociedade, através do trabalho de cada um”, disse o coronel Alarico Azevedo.

CONCURSO

O último concurso de solados para a PM foi realizado em 2005. O atual certame foi iniciado em 2017, mas enfrentou uma série de entraves até chegar ao curso de formação, autorizado em janeiro de 2020 pelo Governo do Estado, por meio das secretarias de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e da Administração (Sead) e o Comando da PM.

“Há 15 anos não se renovava os quadros de nossa Polícia Militar. Enquanto governadora, mesmo em meio a mais grave crise econômica que nosso estado já tinha enfrentado, com o caos nas contas públicas que encontramos, somado a uma crise na saúde sem precedentes, tomei a decisão política de garantir a realização desse concurso”, relembrou Fátima.

Por meio do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público, o Governo irá formar mais uma turma, com curso marcado para o início de 2021, com mais 340 homens e mulheres. Assim, ao fim do processo seletivo, serão mais de 1360 novos policiais militares nas ruas do RN até meados do ano que vem.

Como forma de equiparar as chances nos próximos concursos, o Governo do Estado enviou à Assembleia Legislativa um projeto de lei que cria um quadro único de agentes na Polícia Militar, igualando as vagas destinadas para homens e mulheres.

INVESTIMENTOS

Ainda em 2019, o Governo destinou 1,9 bilhão para a segurança, um valor superior em 129,54 milhões comparado à gestão passada. Agora em 2020, o valor estimado de investimentos no setor é em torno de 1,25 bilhões.

Em sua fala aos novos policiais, Fátima Bezerra salientou a importância de se investir não só em infraestrutura, mas também nas pessoas que fazem a segurança pública. Em 2019, o Governo efetivou a promoção de 5.115 policiais, entre praças e oficiais, além de ter encaminhado a reestruturação da carreira dos policiais e bombeiros militares, permitindo reajuste à remuneração paga aos agentes.

Também estiveram presentes à solenidade o vice-governador Antenor Roberto, a senadora Zenaide Maia, o Presidente do TRE-RN, desembargador Gilson Barbosa, o deputado estadual Francisco Medeiros. o secretário de Estado de Segurança Pública e da Defesa Social, Francisco Araújo, o secretário de Estado da Administração Penal, Pedro Florêncio, o comandante do Corpo de Bombeiros do RN, coronel Luiz Monteiro, o diretor-geral do ITEP, Marcos Brandão, a delegada-geral da Polícia Civil do RN, Ana Cláudia Saraiva.o secretário-adjunto de Segurança Pública, Osmir Monte, e o sub-comandante da PM-RN, coronel Figueiredo de Mendonça. Fonte: Jornal de Fato

Voto Casado em Guamaré: Quem pagou e quem vai pagar o preço da infidelidade?

Voto Casado em Guamaré: Quem pagou e quem vai pagar o preço da infidelidade?

As eleições municipais deste ano ficou marcado pelo maior número de abstenções, mas não podemos jamais nos esquecer de um ponto preponderante para avaliar o resultado das urnas no ultimo dia 15 de novembro.

Não somente para prefeito, mas devemos levar em conta os números de votos para vereadores dados às coligações. O voto não casado quase leva o prefeito eleito Hélio de Mundinho à derrota nas urnas tamanha foi à infidelidade.

Na verdade, quem chega mais perto da casa dos eleitores, em especial na zona rural, são unicamente os candidatos a vereadores que fizeram a campanha corpo a corpo, mais do que os próprios candidatos a prefeito.

Sandália da humildade

Mesmo sabendo deste possível número negativo na soma da tabuada e do risco que corria, o candidato a prefeito do MDB precisou colocar o pé no chão, trabalhou dia e noite em busca de mais um voto para fazer dele e pretinha, o Prefeito e Vice-Prefeita de Guamaré para governar para todos.

Um líder injustiçado

Durante a campanha Hélio foi perseguido, caluniado, maltratado nas redes sociais, de tudo fizeram para barrar sua candidatura, até pedido de impugnação a justiça eleitoral foi feito por parte de seus opositores, mas ele não desistiu de enfrentar os inimigos invisíveis e os visíveis fora e dentro do próprio grupo.

Separar o joio do meio do trigo era perigoso naquele momento, pois havia risco de perder a colheita. Um candidato que precisou suportar o insuportável em prol de um projeto coletivo.

O que chama atenção do candidato, é que ele mesmo diante das injustiças e dos ingratos, ele pregou no palanque que iria governar para todos, como sempre fez quando foi prefeito por duas vezes.

Visão de águia

Se Hélio não tivesse caminhado pedindo as famílias um voto de confiança, a derrota era tida como certa para a majoritária. O voto casado em Guamaré sempre foi um pesadelo, visto e dito por muitos e nesta eleição a infidelidade esteve em alta como nunca visto na história.

Contraditório

A coligação “Esperança Renovada” obteve 8.342 votos (66,96%), ou seja, quase 2 mil eleitores votaram nos vereadores da coligação do MDB, mas não votaram no prefeito Hélio de Mundinho, que obteve nas urnas apenas 6.347 votos, quando poderia ter obtido 8.342 votos.

Talvez para muitos essa diferença de votos para a majoritária da coligação, não faça alguma diferença para a gestão que terá início em 1º de janeiro de 2021, mas quando se trata da política de Guamaré fará! Isto só iremos nos dar conta de fato quando iniciar as novas nomeações e contratos.

A coligação do Solidariedade, por exemplo, obteve 3.620 (29,06%), ou seja, 2.277 votos vieram das demais coligação do MDB, PSDB e PSC.

Estes votaram no candidato a Prefeito Mozaniel Rodrigues, que obteve nas urnas 5.897 votos, recebendo dos seus adversários o voto para a majoritária. Caso não tivesse este êxito, Mozaniel teria obtido nas urnas somente 3.620 votos.

Das 100% das urnas apuradas o município de Guamaré registrou 14.474 votantes, sendo que 12.857 votaram, 1.617 foram eleitores que não votaram, anularam ou votaram em branco. Se este tivesse exercido o direito de sua cidadania teria mudado ou acrescentado o resultado das eleições.

A hora da onça beber água

Vamos dar tempo ao tempo para revelar quem realmente aparece bem colocado nos cargos disponível na prefeitura quando o prefeito eleito pelo o povo assumir o palácio Luiz Virgílio de Brito, no dia 1º de janeiro de 2021.

Se de fato forem aqueles que deram a cara pra bater, ou os conchavos e aliados políticos, que mesmo votando contra o prefeito tem de alguma forma uma cadeira ao lado do rei.

Pagando pra ver

O blog Guamaré em Dia estará atento no portal da transparência e nas informações recebidas na redação pelos os leitores, com um olho no peixe e outro no gato.

Sempre com o ouvido no chão para dar em primeira mão o resumo da ópera, pois quem vive a política de Guamaré bem sabe como a banda tem tocado, e onde o sapato tem apertado.

Punindo os mais frágeis, porém fiéis, que sofrem a injustiça muitas vezes por não se curvar na fila do excluídos ou por falta de um padrinho político com os nervos de aço. A lupa será jogada e os olhos estarão bem abertos para conferir as cenas a seguir.

TSE desmente boatos sobre anulação do 1º turno das eleições

TSE desmente boatos sobre anulação do 1º turno das eleições

TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou nesta sexta-feira (20) que são falsas mensagens que circulam em redes sociais e afirmam que as eleições do primeiro turno, em 15 de novembro, foram anuladas em algumas cidades por suspeita de fraude na urna eletrônica.

“Nunca houve, desde o início do uso das urnas eletrônicas, em 1996, constatação de fraude em resultados com a utilização do equipamento”, disse o TSE em nota.

O órgão esclarece, também, que a urna não tem conexão à internet ou via bluetooh, possui mais de 30 camadas de segurança encadeadas para dificultar a fraude, há lacres de segurança que mostram qualquer tentativa de violação, resultado da urna é impresso em cinco vias e qualquer cidadão pode ter acesso e que as urnas são expostas, antes das eleições, a hackers e especialistas que queiram testar sua segurança. R7