Politico não é; e jamais será um Super-Homem!

Politico não é; e jamais será um Super-Homem!

Falta pouco mais de 29 dias para a realização da eleição suplementar, marcada para o próximo dia 07 de novembro.

A campanha em Guamaré começa a ganhar forma, cores nas ruas de verde, vermelha e laranja.

Nas redes sociais e grupos de whatsapp o debate ficou mais caloroso e debatido. 

Embora as pesquisas internas e as movimentações politicas tendam mais para um candidato do que para o outro, jamais os candidatos podem se achar um super-homem.

Estamos ainda vivenciando uma campanha silenciosa, e cheia de pontos de interrogações.

É exatamente sempre neste período eleitoral que os candidatos ao palácio Luiz Virgílio de Brito, passa a reconhecer ou não, a verdadeira necessidade, e a importância de ter bons soldados e aliados ao seu lado.

Estes são os verdadeiros super-heróis de uma campanha eleitoral de rua, de corpo a corpo, de amigos e da família.

Para aquele candidato que pensa que a eleição suplementar já está batida e ganha, podem até se decepcionar com o abrir das urnas. Este filme eu já vi.

Talvez esse pensamento que já ganhou seja por se considerar um super-homem politicamente.

É bom baixar a guarda, calçar as sandálias da humildade, colocar os pés no chão para “conquistar o voto do eleitor”.

A força de um politico não está no seu poder nem na sua condição financeira que possui, mas está na vontade popular.

O povo de Guamaré está mais politizado, e será mais uma vez o Juiz para decidir o novo prefeito de Guamaré para os próximos três anos.