sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
banner site png-1
Skay Arte Guamaré Beto 2
População reclama que paga taxa de iluminação pública e ruas são escuras

População reclama que paga taxa de iluminação pública e ruas são escuras

Por tanto ligar e apelar aos responsáveis sem uma solução, moradores resolveram publicar nas redes sociais um “pedido de socorro” para o recorrente problema das ruas escuras em Guamaré.

Em algumas ruas da sede e nas comunidades da zona rural o medo toma conta ao anoitecer.

A dona de casa, Francisca Marilene, residente no conjunto Nossa Senhora Aparecida, localizado em Salina da Cruz, é testemunha da escuridão que enfrenta todos os dias ao chegar a sua casa.

O reflexo da falta de cuidado do poder público e o cumprimento contratual da empresa RB locações e construções Eireli – ME, que teve recentemente o contrato renovado, é responsável pela manutenção da iluminação pública no município. Um reflexo que aparecem nas ruas com a indignação do povo.

O grito da população com fotos e vídeos vem das redes sociais e dos grupos de whatsapp, e confesso que é constrangedor para qualquer gestor, ter que pagar um contrato de quase 400 mil e não ter um serviço a contento da população.

Quem anda por esses pontos à noite ou na madrugada é que sente o quanto a iluminação faz falta. “Está tudo escuro é perigoso pra gente estar transitando,”, disse o aposentado Paulo José, morador da comunidade de Baixa do Meio.

Outra reclamação constante é cobrança de taxas de iluminação feita pela prefeitura através da Cosern. Até para quem mora em locais onde não existem pontos iluminados a taxa está sendo cobrada, e apesar dos esforços de alguns vereadores essa decisão ainda não foi revogada.

Não é de hoje que a população de Guamaré vem reclamando sobre a falta de manutenção na iluminação pública. O portal é testemunha das reivindicações da população.

Nas ruas, o retrato de uma empresa que presta um desserviço que deixa a população às escuras. As imagens de ontem a noite enviadas por leitores falam por si só.

Nota do Blog

Guamaré já teve um prefeito que andava pela madrugada não fazendo politica, mas cuidando da cidade. Ele andava uma vez por semana quase todas as ruas da sede e da zona rural, e marcava com seu próprio punho com X os postes apagados.

No dia seguindo a equipe caia em campo, e a noite no município mais parecia dia com essa pequena ação.

Há se eu fosse prefeito de Guamaré eu confesso que era mais duro para o bem do coletivo, além de eu reduzir de 19 para 9 secretaria no primeiro mês de governo, ainda acabaria com todos os aluguéis, e cancelava vários contratos, mas MAMÃE não deixa eu ser.

Oremos irmãos!!!