sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
banner site png-1
Skay Arte Guamaré Beto 2
População volta a reclamar do perigo de animais soltos nas ruas em Guamaré

População volta a reclamar do perigo de animais soltos nas ruas em Guamaré

Os moradores da sede e na zona rural do município de Guamaré estão preocupados e incomodados com a quantidade de animais espalhados pela cidade. São bois, vacas e cavalos abandonados que acabam colocando a população em risco, e não é de hoje que existe esse tipo de reclamação.

Na manhã desta segunda-feira (13), o Blog flagrou vários animais andando nas ruas. Embora os proprietários destes animais saibam que é proibida a permanência de animais como bois e jumentos andando livremente pelas as ruas da cidade.

Segundo informações colhidas pelo o portal, só neste mês de setembro foram registrados dois acidentes entre motociclistas e animais, na duplicação, próximo à comunidade de Salina da Cruz.

A imagem não me deixa mentir de pessoas e animais dividindo espaços nas áreas públicas da cidade. Seu Antônio Fernandes, disse que os animais andam a cidade, inclusive na Rua da Creche Olindina Vieira Olegário, no conjunto Vila Maria, onde transitam varias crianças.

“As vacas bravas correm atrás das pessoas na rua, entram no quintal e comem as plantações. É uma situação difícil”, reclamou Maria Anastácia, moradora do conjunto Paulo Bento.

O recolhimento desses animais sempre é feito pela prefeitura através da secretaria responsável. Além da retirada dos animais o órgão municipal deveria emite uma notificação para as pessoas que deixaram esses bichos expostos irregularmente nas vias públicas.

Uma vez o animal apreendido, o proprietário deveria ser notificado e ter um prazo de 48 horas para dar entrada ao processo de retirada. Ainda assim, o dono deveria ser penalizado com o pagamento de multa.

Caso o dono não faça o recolhimento de seu animal apreendido, ele deveria perder a sua posse. Dessa forma, o animal poderá ser cedido para outra pessoa, ou ir para um dos dois currais públicos alugados pela prefeitura somente para este fim.

A prefeitura ainda disponibiliza de uma equipe e a locação de carros aboiadores para fiscalização e recolhimento destes animais. Mas segundo seu Francisco, faz muito tempo que não se ver esta ação na cidade, enquanto isto os animais continuam soltos nas ruas causando perigo e dano a população.

Nota do Blog: Oremos irmãos