sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Banner-Blog-Guamare-em-dia---1140x140px
Presidente do Sindserg voltar a atacar o Blog Guamaré em Dia.

Presidente do Sindserg voltar a atacar o Blog Guamaré em Dia.

“Presidente Edson Rocha não apresentou a Carta Sindical, não presta conta dos recursos da entidade, e não devolveu mais de R$: 20 mil adquiridos ilegalmente aos cofres públicos”.

Era natural alguém se sentir incomodado com as postagens do blog Guamaré em Dia, que por sinal tem prestado um estimável serviço à população, mostrando a realidade nua e crua ao povo Guamareense. O portal tem sido desde sua criação um espaço democrático, participativo e interativo. Este espaço foi criado com a proposta de inovação contínua, procurando sempre retratar o cotidiano de Guamaré e região, discutindo principalmente o cenário político/administrativo do nosso município.

O titular deste espaço sempre procurou moldar o blog e nele escrever com a melhor das intenções, nunca esquecendo que os posts reproduzem o ponto de vista do titular sobre o que é discutido. Publicando sempre o que há de certo ou errado no município com intenção de ajudar a melhorar a qualidade de vida do povo Guamareense.

Mas diante da formação de opinião do blog e da quantidade de pessoas que visitam este espaço por dia, isto tem incomodado uma meia dúzia de pessoas, entre estas o atual presidente do Sindicato dos Servidores Público de Guamaré Sr. Edson Rocha, que é Guarda Municipal. Ele entrou com uma ação no TJRN, usando os recursos, e o advogado do próprio sindicato, contra o blog Guamaré em Dia e seu editor, na tentativa calar nossa voz. “Quem deveria me defender me ataca”.

Tenho o dever de tonar público para conhecimento dos leitores e internautas que o editor do Blog foi notificado por um oficial de justiça sobre a ação movida pelo o SINDSERG e por seu presidente Edson Rocha. Na sua reclamação, o presidente deixa claro que o motivo principal foi por uma postagem publicada no blog que envolve seu nome e o nome do SINDSERG, e acreditem se quiser… Ele chega a cobrar INDENIZAÇÃO por danos morais. Pasmem!

Ele se sente prejudicado e incomodado pelo o fato de ser cobrado pelo o portal referente a prestação de contas da instituição. Afinal, o dinheiro da instituição é público, é do povo, mas talvez a maior razão tenha sido de fato quando afirmei com provas que o presidente Edson Rocha deveria dar o exemplo, e devolver mais de R$: 20 mil aos cofres públicos adquiridos ilegalmente, e que teve o apoio do secretário de segurança Francisco Gomes (COCÓ), responsável pela folha de pagamento da pasta da secretaria de segurança e defesa patrimonial, onde o mesmo recebe seus proventos como Guarda Municipal.

Clique aqui e relembre:

Mesmo licenciado para o cargo de presidente do SINDSERG, Edson Rocha recebeu valores indevidos da prefeitura de Guamaré.

Ou talvez pelo o fato do blog ter noticiado em primeira mão que o presidente Edson Rocha, publicou a mentirosa informação no próprio site da entidade, nas redes sociais, e alguns blogs republicaram um fato que não existe. Que o SINDICATO tinha a carta sindical, fato que não é verdade. Afirmamos aqui que o SINDSERG vem funcionando sem registro junto ao Ministério do Trabalho até o presente momento, essa publicação deve ter incomodado o atual presidente Edson Rocha, que resolveu revidar, invés de ter pedido o direito de resposta que sempre foi lhe dado.

Clique aqui e relembre:

Presidente do SINDSERG tenta se promover e emite nota falsa a imprensa

Enquanto neste mundo a maioria das pessoas entender a linguagem, outras interpretam de forma equivocadas. Infelizmente existem criaturas que se sentem incomodadas com a realidade. Embora seja exposta pelo o blog de forma construtiva.

Há pessoas que não sabem diferenciar ou valorizar o que temos de útil no município, demonstram dentre tantas coisas a incompetência generalizada e em vez de aceitar a crítica ou elogio, revida de maneira brusca.

Por fim, o Blog Guamaré em Dia e seu editor irá se defender das acusações do presidente do SINDSERG, é o que garante a CF/88, mais reafirmo que o Sindserg não tem carta Sindical para funcionar legalmente. Sugiro que algum servidor filiado tente convencer o presidente, a devolver o dinheiro público adquirido irregularmente a prefeitura, e que divulgue a prestação de contas de sua gestão de janeiro de 2016 à agosto de 2017, dando total transparência ao atos do Sindicato a população.