sss-2
ferragens-pai-e-filhos
jm-variedades
redecon 2
banner site png-1
Reta da morte deixa mais duas vitimas em estado grave na comunidade de Salina da Cruz.

Reta da morte deixa mais duas vitimas em estado grave na comunidade de Salina da Cruz.

IMG-20141202-WA0022

Mais um acidente em menos de um mês foi registrado na manhã de hoje (02), na RN 401, especificamente na comunidade de Salina da Cruz. A rodovia foi batizada por populares como “Reta da Morte”, devido os inúmeros acidentes registrados no local até com vitima fatal.

IMG-20141202-WA0016

As primeiras informações deu conta que um casal saiu em uma moto Honda modelo Biz do posto de combustível que fica próximo a RN. O condutor cruzou a estrada que não tem nenhuma sinalização de quem vem ou de quem vai entrar para a comunidade.

Ele invadiu a pista de mão dupla, não sendo possível evitar a batida. O veiculo tipo Celta de cor preta de Placa MYZ – 7631 vinha no sentido oposto e acabou atingindo a moto que conduzia um casal de idosos.

IMG-20141202-WA0023

O casal foi identificado como Elias Fernandes de (74 anos) que fraturou a tíbia e a fíbula esquerda, com fratura exposta e Terezinha Rocha Ribeiro (69 anos) que teve fratura exposta no fêmur direito.

IMG-20141202-WA0026

O motorista do Celta até a conclusão desta matéria ainda não foi identificado. As vitimas foram atendidas no Hospital Manoel Lucas de Miranda em Guamaré, e encaminhado para o Hospital Walfredo Gurgel em Natal.

IMG-20141202-WA0017

A Guarda Municipal de logo chegou ao local e isolou toda a área. Os Gms deram todo suporte aos socorristas e médicos do hospital para que as vitimas fosse atendidas com segurança.

IMG-20141202-WA0021

Nota do Blog: Até quando este trecho perigoso vai parar de fazer vitimas? Sinceramente não sei.

O que podemos desejar é que esta rodovia, especificamente este trecho perto do posto seja urgentemente sinalizada.

Os veículos que entram e que saem de Salina da Cruz pelo o posto, próximo a casa de Bilú, estão diariamente correndo alto risco de novos acidentes por não ter sinalização no local.

A maioria dos motoristas que entram na cidade ou saem pela RN 401, não encontram nesta mediações nenhum obstáculo que o obrigue a reduzir a velocidade.

GMR Telecom